Recife e Ipojuca se preparam para feriadão com comércio de praia liberado

Comércio de praia foi liberado na última segunda-feira (31)

PANDEMIA
Recife e Ipojuca se preparam para feriadão com comércio de praia liberado

Guarda-sóis não podem ficar próximos e banhistas devem usar máscaras - Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem

Esse vai ser o primeiro fim de semana após o retorno do comércio de praia, que teve as atividades liberadas na última segunda-feira (31). Com o feriado da próxima segunda-feira (7) e a abertura não oficial do verão, a procura da população pelas praias deve ser ainda maior, mesmo com as recomendações para manter o isolamento social, já que a pandemia do novo coronavírus ainda não acabou.

A secretária de Turismo, Esportes e Lazer do Recife, Ana Paula Vilaça, fala sobre as medidas de fiscalização e pede que os comerciantes respeitem as medidas sanitárias. “A gente passou a semana toda nesse trabalho informativo e educativo. Os ambulantes e os comerciantes estão bastante envolvidos para o cumprimento dessas regras (...) A gente pode chegar a tomar alguma medida de suspensão das atividades desses barraqueiros porque a gente tem o cadastro de todos esses comerciantes. São mais de mil inscritos no cadastro da Secretaria de Controle Urbano. Mas a gente conta com esse empenho deles, afinal eles es são os grandes interessados nessa retomada”, destacou.

A até a próxima segunda-feira (7), 2 mil máscaras serão distribuídas aos frequentadores das praias do Recife, para reforçar a obrigatoriedade do uso. No total, 1.165 trabalhadores cadastrados pela Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano, entre ambulantes e barraqueiros fixos, estão liberados a voltar a comercializar na faixa de areia.

O trabalho de vistoria está sendo realizado por trabalhadores da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer (Seturel), Diretoria Executiva de Controle Urbano (Dircon), Procon Recife, Vigilância Sanitária, Brigada Ambiental, Guarda Civil Municipal do Recife (GCMR), Polícia Militar e CTTU.

Segundo a secretária, é preciso que os banhistas respeitem o uso da máscara e do álcool gel pois as medidas permitem mais segurança para todos. “Se a gente não cumprir as regras a gente corre o risco de ter que dar um passo para trás e voltar [a fechar] alguns serviços e atividades que estão permitidos”, comentou.  

Porto de Galinhas

Já em Porto de Galinhas, em Ipojuca, a expectativa é grande para o volume de turistas que deve frequentar a praia.

A Secretaria de Saúde do Ipojuca vai reforçar as ações de fiscalização em bares, restaurantes e no comércio das praias. Além disso, farão ações educativas através dos agentes de endemias sobre a importância de cumprir os protocolos sanitários e as medidas de prevenção ao covid-19.

Agentes da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (Amttrans) também vão fazer a orientação para o uso da máscara para os condutores e passageiros de veículos e fiscalizarão se os buggys estão cumprindo a portaria específica para a atividade.

Para este feriado, a Secretaria de Defesa Social do Ipojuca também realizou um planejamento diferenciado: haverá 30% de aumento no efetivo da guarda municipal e aumento de 50% no efetivo dos salva-vidas no litoral ipojucano.

O secretário de Meio Ambiente e Controle Urbano de Ipojuca, Erivelto Lacerda, fala sobre as ações.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.