Polícia prende suspeitos de assaltar ciclista que morreu atropelado na BR-101, em Jaboatão

O ciclista faleceu no dia 29 de setembro após ser atropelado ao tentar fugir dos assaltantes

INSEGURANÇA
Polícia prende suspeitos de assaltar ciclista que morreu atropelado na BR-101, em Jaboatão

Acidente aconteceu no quilômetro 79 da BR-101 - Foto: WELLINGTON LIMA / TV JORNAL

A Polícia Civil de Pernambuco prendeu os dois suspeitos de assaltar o ciclista Diego Avelino de Santana, de 22 anos, no último dia 29 de setembro. O jovem morreu atropelado ao tentar fugir da investida criminosa enquanto pedalava na BR-101, em Jaboatão dos Guararapes. A delegada responsável pelas investigações do caso, Bárbara Fort, diz que encontrar o receptador da bicicleta foi o caminho chave para chegar até os suspeitos do roubo do objeto.

“Inicialmente, começamos as investigações e chegamos primeiro no receptador, com quem estava a bicicleta. Conseguimos recuperá-la. E com as informações que ele mesmo nos forneceu, conseguimos identificar os dois suspeitos do roubo, que foi tratado como latrocínio. Um deles confessa toda a prática delitiva, e indica o outro como o seu parceiro. O outro nega toda a participação”, disse.

Diego Avelino pedalava na BR-101, no sentido Cabo de Santo Agostinho, na companhia de um amigo quando foi surpreendido pelos suspeitos. Com o susto, Diego perdeu o controle da bicicleta na rodovia e foi atropelado por um caminhão tipo carreta. O ciclista morreu no local e o motorista do caminhão fugiu sem prestar socorro.

Imagens das câmeras

Bárbara Fort diz que imagens registradas pelas câmeras de segurança das proximidades do local do crime estão ajudando a polícia nas investigações para identificar o motorista do caminhão, responsável por atropelar o jovem ciclista de 22 anos. “Nós conseguimos localizar através de circuitos externos de câmeras da localidade, imagens que flagraram toda a operação delitiva. Elas serão apresentadas em perícia, a fim de que a gente consiga identificar qual é a placa desse veículo para chegarmos até o caminhoneiro. Ele provavelmente vai responder, se não conseguir comprovar que houve a prestação de socorro, pelo crime de omissão de socorro”, completou.

A polícia não descarta a possibilidade de o crime ter sido planejado. “Estamos apurando, na verdade, se essa questão do roubo de uma bicicleta de ciclista foi encomendada ou não. Diego fatalmente estava passando pela localidade e foi a vítima”, finalizou a delegada Bárbara Fort.

A bicicleta roubada foi recuperada e será devolvida aos familiares da vítima. O suspeito preso por receptação qualificada foi liberado em audiência de custódia e vai responder ao processo em liberdade.

Os outros dois suspeitos foram indiciados por latrocínio, roubo seguido de morte, e encaminhados para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), localizado na cidade de Abreu e Lima.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.