TRE-PE começa a preparar as urnas eletrônicas para as eleições 2020

Preparação vai acontecer em 18 polos eleitorais de Pernambuco, que atendem 184 municípios, em cerimônias públicas

ELEIçõES MUNICIPAIS
TRE-PE começa a preparar as urnas eletrônicas para as eleições 2020

Urna eletrônica - Foto: Elza Fiúza/ABr

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) começa, nesta terça-feira (3),  o processo de preparação das 20.541 urnas eletrônicas usadas nas eleições municipais de novembro. De acordo com o órgão, serão instaladas 18.771 urnas nas seções eleitorais e 1.770 de reserva.

A preparação acontece nos 18 Polos Eleitorais que atendem aos 184 municípios, sempre em cerimônias públicas, a partir das 8h. No Polo 1 - que contempla Recife, Olinda, Camaragibe e São Lourenço da Mata -, a preparação será feita na unidade do TRE-PE localizada no Bongi, Zona Oeste da capital pernambucana, e contará com a presença do presidente do Tribunal, o desembargador Frederico Neves.

No Polo 1, serão preparadas 4.058 urnas eletrônicas para votação e 373 urnas de contingência. Para o processo, 221 pessoas estão envolvidas.

Preparação

A preparação em Pernambuco vai até o próximo dia 10. O TRE-PE informa que, tecnicamente chamado de "Cerimônia de Carga e Lacre das Urnas", o evento ocorre com total transparência e consiste em inserir nas urnas eletrônicas os dados referentes aos candidatos e eleitores.

Todos os procedimentos que envolvem as mídias e as urnas eletrônicas são realizados em cerimônias públicas, com a participação do juiz eleitoral e convocação, por edital, dos representantes do Ministério Público, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), partidos políticos e as coligações.

Servidores e colaboradores da Justiça Eleitoral que atuam diretamente nessa etapa das eleições também participam da cerimônia.

Por meio da operação, feita urna a urna, são inseridas todas as informações necessárias à realização do pleito: os programas de votação, a relação de eleitores da respectiva seção eleitoral, os dados de partidos, coligações e os nomes e fotos de todos os concorrentes aptos a disputar a eleição, inclusive os que têm registros indeferidos e aguardam julgamento de recursos.

Depois de inseridas todas essas informações, as urnas eletrônicas são lacradas e estão prontas para serem utilizadas nas eleições – a máquina lacrada só realiza operações em dia e horário predeterminados. O primeiro turno das eleições acontecem em 15 de novembro e, se houver segundo turno, em 29 de novembro.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.