Eleições municipais

TRE-PE começa a preparar as urnas eletrônicas para as eleições 2020


Preparação vai acontecer em 18 polos eleitorais de Pernambuco, que atendem 184 municípios, em cerimônias públicas

Priscila Miranda
Priscila Miranda
Publicado em 02/11/2020 às 14:46
Elza Fiúza/ABr
FOTO: Elza Fiúza/ABr
Leitura:

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) começa, nesta terça-feira (3), o processo de preparação das 20.541 urnas eletrônicas usadas nas eleições municipais de novembro. De acordo com o órgão, serão instaladas 18.771 urnas nas seções eleitorais e 1.770 de reserva.

A preparação acontece nos 18 Polos Eleitorais que atendem aos 184 municípios, sempre em cerimônias públicas, a partir das 8h. No Polo 1 - que contempla Recife, Olinda, Camaragibe e São Lourenço da Mata -, a preparação será feita na unidade do TRE-PE localizada no Bongi, Zona Oeste da capital pernambucana, e contará com a presença do presidente do Tribunal, o desembargador Frederico Neves.

No Polo 1, serão preparadas 4.058 urnas eletrônicas para votação e 373 urnas de contingência. Para o processo, 221 pessoas estão envolvidas.

Preparação

A preparação em Pernambuco vai até o próximo dia 10. O TRE-PE informa que, tecnicamente chamado de "Cerimônia de Carga e Lacre das Urnas", o evento ocorre com total transparência e consiste em inserir nas urnas eletrônicas os dados referentes aos candidatos e eleitores.

Todos os procedimentos que envolvem as mídias e as urnas eletrônicas são realizados em cerimônias públicas, com a participação do juiz eleitoral e convocação, por edital, dos representantes do Ministério Público, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), partidos políticos e as coligações.

Servidores e colaboradores da Justiça Eleitoral que atuam diretamente nessa etapa das eleições também participam da cerimônia.

Por meio da operação, feita urna a urna, são inseridas todas as informações necessárias à realização do pleito: os programas de votação, a relação de eleitores da respectiva seção eleitoral, os dados de partidos, coligações e os nomes e fotos de todos os concorrentes aptos a disputar a eleição, inclusive os que têm registros indeferidos e aguardam julgamento de recursos.

Depois de inseridas todas essas informações, as urnas eletrônicas são lacradas e estão prontas para serem utilizadas nas eleições – a máquina lacrada só realiza operações em dia e horário predeterminados. O primeiro turno das eleições acontecem em 15 de novembro e, se houver segundo turno, em 29 de novembro.


Mais Lidas