Delegada Patrícia diz que não apoiará nem PT e nem PSB no 2º turno

Delegada Patrícia (Podemos) obteve 14,06% dos votos

ELEIÇÕES 2020
Delegada Patrícia diz que não apoiará nem PT e nem PSB no 2º turno

Delegada Patrícia compareceu ao comitê, na noite desta quinta-feira (15), e admitiu derrota - Foto: Cássio Oliveira/ JC

Com o avanço da apuração dos votos para prefeito do Recife e sua derrota, a candidata pelo Podemos, Delegada Patrícia, afirmou que não apoiará nenhum dos candidatos que disputarão o 2º turno, Marília Mendonça (PT) e João Campos (PSB). Mesmo após o apoio declarado do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido), a candidata viu as intenções de voto na pesquisa reduzirem e ficou com 14,06% dos votos. 

 

>> Urnas fechadas em Pernambuco; confira ao vivo a apuração dos votos das Eleições 2020

>> "Próximo mandato de quatro anos será de muitos problemas", diz presidente do TRE-PE em balanço sobre a votação em Pernambuco

>> Delegada Patrícia continua a liderar rejeição no Recife, aponta pesquisa Ibope/JC/Rede Globo

>> Na Super Manhã com Geraldo Freire, Bolsonaro diz que resolveu apoiar Delegada Patrícia porque foi bem votado no Recife

 

Ao chegar no comitê na noite deste domingo (15), a Delegada Patrícia foi enfática sobre o posicionamento num segundo turno. "Eu mantenho minha coerência. Não subo em palanque nem do PSB e nem do PT. A gente tem que ver o que vai ser o resultado da apuração, mas diante mão, já adianto que PT e PSB não terão meu apoio nem hoje e nem nunca", afirmou, completando que irá votar em branco. 

Apesar do resultado, ela diz que sai com saldo positivo da disputa. "Foi uma campanha linda, limpa, honesta, com poucos recursos, e esse resultado de hoje, para mim, é uma alegria. A gente ter o apoio de milhares de pessoas e ter multiplicado os nossos apoiadores por tantos milhares de pessoas no Recife, a gente sai com saldo positivo", disse. "Eu torço muito para que a população continue aguerrida nessa batalha, de querer mudanças (...) Eu torço muito para que a população de Recife não tenha mais esses problemas", completou. 

Futuro 

A Delegada Patrícia, que realiza palestras contra a corrupção, disse que continuará defendendo a pauta. "Eu volto para minha carreira como policial, mas continuo com esse espírito de defesa do povo. A gente vai continuar com as palestras, debatendo os pontos necessários da cidade, fazendo as denúncias que forem necessárias, eu vou continuar fiscalizando o poder público e vou continuar em defesa do povo. Independente de eleição, sempre disse que isso não era uma bandeira política. O combate à corrupção e a defesa das pessoas são uma bandeira de vida e a gente continua nesse combate", finalizou. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.