LGBTQIA+

Ator Carmo Dalla Vecchia se declara para João Emanuel Carneiro e alerta sobre violência contra mulheres trans


Em Pernambuco, por exemplo, quatro mulheres trans foram assassinadas em menos de um mês

Gabriel dos Santos Araujo Dias
Gabriel dos Santos Araujo Dias
Publicado em 12/07/2021 às 10:08
Reprodução/TV Globo
FOTO: Reprodução/TV Globo
Leitura:

Após Pernambuco registrar o assassinato de quatro mulheres trans em menos de um mês, o ator Carmo Dalla Vecchia aproveitou sua participação em um programa da TV Globo, no último domingo (11), para falar sobre a violência sofrida por transexuais e travestis no Brasil. Homossexual assumido, ele disse que falou sobre o tema para tentar ajudar pessoas que não são respeitadas.

"E gostaria de falar também que temos um recorde no Brasil muito triste. Nós somos o país que mais mata trans do mundo, mulheres travestis e transexuais. É uma coisa muito triste e muito feia. Isso fala da nossa educação, ou da falta dela. Isso é algo em que as pessoas deveriam pensar de uma maneira muito séria", disse Dalla Vecchia.

Em Pernambuco, entre o dia 18 de junho e a última sexta-feira (9), quatro mulheres trans foram brutalmente assassinadas. Três no Recife e uma no Agreste. Em todos os casos, as vítimas foram mortas de forma extremamente violenta.

Casamento

Carmo também aproveitou a oportunidade para se declarar ao marido, o autor de novelas João Emanuel Carneiro. Após dançar o hit "We Are Family", do grupo Sister Sledge, ele disse:

"É uma música que fala basicamente sobre sororidade, sobre empatia, sobre família. E eu gostaria de fazer uma homenagem muito grande à minha família, mandar um beijo grande e declarar o meu amor ao meu filho, Pedro, e ao meu marido, João", falou.

>>> LEIA MAIS: Veja quem é João Emanuel Carneiro, o marido de Carmo Dalla Vecchia.

"Eu sou um cara extremamente feliz, extremamente realizado, com uma profissão que eu amo, com amigos, com uma família que me aceita exatamente do jeito que eu sou. Só que a gente vive em um país em que não necessariamente é assim. Então, se meu exemplo pode servir para ajudar outras pessoas, para ter essa representatividade, eu fico muito feliz de ser essa pessoa", garantiu.


Mais Lidas