Igreja Católica

Dia de São Benedito: Conheça história e veja oração poderosa de pedido de proteção ao santo


São Benedito é comemorado nesta terça-feira (5)

Agência Católica de Informações (ACI)
Agência Católica de Informações (ACI)
Publicado em 05/10/2021 às 8:57
Reprodução/TV Centro América
FOTO: Reprodução/TV Centro América
Leitura:

Hoje, 5 de outubro, a Igreja no Brasil celebra a festa de São Benedito, um santo de grande devoção e muito popular no país, sendo chamado também de Benedito, o Negro, por sua descendência africana.

Embora São Benedito seja celebrada em todo o mundo no dia 4 de abril, data de seu falecimento, sua festa no Brasil ocorre em 5 de outubro por uma especial deferência canônica concedida à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em 1983. Assim, este santo franciscano passou a ser recordado imediatamente após o dia de São Francisco de Assis.

Filho de africanos escravos, Benedito Manasseri nasceu em 1526, na aldeia de São Fratelo, em Messina, na ilha da Sicília (Itália). Seus pais eram católicos fervorosos.

Quando Benedito nasceu, a família à qual pertenciam como escravos os alforriou, tanto os pais como a criança, que recebeu o sobrenome dos Manasseri, seus padrinhos de batismo.

O menino cresceu pastoreando rebanhos nas montanhas da ilha e, desde pequeno, demonstrava tanto apego a Deus e à religião que os amigos brincando profetizavam: “nosso santo mouro”. Como explica o site Cléofas, este adjetivo italiano – “mouro” – é usado para todas as pessoas de pele escura e não apenas para os procedentes do Oriente.

Quando completou 21 anos, Benedito ingressou para os eremitas da Irmandade de São Francisco de Assis, fundada por Jerônimo Lanza sob a regra franciscana, em Palermo. Passou a exercer funções simples como cozinheiro.

Entretanto, a sabedoria e o discernimento deste simples irmão leigo e analfabeto fizeram com que seus superiores o nomeassem mestre de noviços. Mais tarde, foi até mesmo eleito superior do convento.

Porém, após a morte do fundador da Irmandade, em 1562, o papa Paulo IV extinguiu a mesma e ordenou que todos os seus membros se juntassem à verdadeira Ordem de São Francisco de Assis, uma vez que não desejava ter eremitas pulverizados em irmandades sob o mesmo nome.

Os eremitas obedeceram o papa e Benedito escolheu ir para o convento de Santa Maria de Jesus, em Palermo. Neste local, o santo viveu o restante de sua vida, sempre apoiado na humildade e na obediência. Exerceu funções simples como faxineiro e cozinheiro.

Devido aos milagres que ocorriam pela intercessão de suas orações, logo ganhou fama de santidade e muito recorriam a Benedito, incluindo príncipes, sacerdotes, teólogos, leigos, em busca de conselhos e orientações espirituais.

Também neste convento foi eleito superior, mas, após concluído seu período na direção, logo retornou com alegria aos afazeres humildes como cozinheiro.

Foi na cozinha do convento que faleceu em 4 de abril de 1589, “como um simples frade franciscano, em total desapego às coisas terrenas e à sua própria pessoa, mas apenas um irmão leigo gozando de grande fama de santidade, a qual o envolve até os nossos dias”, indica Cléofas.

São Benedito foi canonizado em 1807 pelo papa Pio VII e seu corpo se encontra na igreja do convento de Santa Maria de Jesus, em Palermo.

O culto a São Benedito se espalhou e passou a ser honrado como padroeiro dos afrodescendentes, das donas de casa, dos cozinheiros e dos profissionais de nutrição.

No Brasil, inicialmente foi muito cultuado pelos escravos negros, por causa da cor de sua pele e sua origem africana. Porém, devido ao seu testemunho de uma vida marcada pela humildade, pobreza, obediência, alegria e penitência, seu culto se espalhou por toda a população.

Orações para São Benedito

“Glorioso São Benedito, grande confessor da fé, com toda a confiança venho implorar a vossa valiosa proteção. Vós, a quem Deus enriqueceu com dons celestes, consegui-me as graças que ardentemente desejo, para maior glória de Deus. Confortai o meu coração nos desalentos. Fortificai minha vontade para cumprir bem os meus deveres. Sede o meu companheiro nas horas de solidão e desconforto. Assisti-me e guiai-me na vida e na hora da minha morte, para que eu possa bendizer a Deus neste mundo e gozá-lo na eternidade. Com Jesus Cristo, a quem tanto amastes. Assim seja, amém. ”

Oração para alcançar uma graça

"São Benedito, filho de escravos, que encontrastes a verdadeira liberdade servindo a Deus e aos irmãos, independente de raça e de cor, livrai-me de toda a escravidão, venha ela dos homens ou dos vícios, e ajudai-me a desalojar de meu coração toda a segregação e a reconhecer todos os homens por meus irmãos. São Benedito, amigo de Deus e dos homens, concedei-me a graça que vos peço do coração. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém.”

Poderosa oração de São Benedito

“Ó São Benedito, o Negro, que acompanhais o Cordeiro onde quer que vá, lembrai-vos de nós que tememos e sofremos longe do Senhor, peregrinando nesta vida cheia de dificuldades. Vós, que estais dia e noite diante do trono do Altíssimo, que vos alegrais em sua luz em meio as fontes das águas vivas, vós que nada mais temeis por vossa alma, lembrai-vos de nós.

Nós, que clamamos e bradamos aos céus: Salva-nos! Protege-nos! Cura-nos! Plenifica-nos com vossa graça, Senhor! Nós, que não cessamos de lutar neste cativeiro de nosso corpo, contra inimigos visíveis e invisíveis deste mundo tenebroso, suplicamos ao Eterno: Guia-nos! Defende-nos! Vença esta batalha por nós! Inflama-nos em vosso amor!

Sede para nós, São Benedito, o Negro, Franciscano servo do Senhor, protetor dos cozinheiros e afrodescendentes, também nosso solícito intercessor e vigia, mantendo desperta a memória do Senhor até que Ele nos faça transbordar com suas graças como a água de uma cachoeira.

Esteja ao nosso lado, São Benedito, que pela oração ressuscitastes pessoas e animais, multiplicantes comida, curastes cegos, aleijados, leprosos, doentes mentais, e realizaste tantos outros milagres incontáveis. Com vossa constante intercessão, alcançai-me todas graças necessárias (fazer um pedido).

Tenho fé não serei desvalido, pois a oração do justo é eficaz, Amém. ”


Mais Lidas