Pandemia

Carnaval está oficialmente cancelado, garante governador da Bahia


Além da pandemia do novo coronavírus, governador diz que surto de gripe também torna "impossível" realização do carnaval

Gabriel dos Santos
Gabriel dos Santos
Publicado em 23/12/2021 às 11:47
Notícia
Alfredo Filho/Secom
COM CALMA.A prefeitura de Salvador anunciou cancelamento do 'Festival Virada', que celebra o Réveillon - FOTO: Alfredo Filho/Secom
Leitura:

O governador da Bahia Rui Costa anunciou na manhã desta quinta-feira (23) que decidiu cancelar o carnaval de 2022 no Estado. Segundo o gestor estadual, além da pandemia do novo coronavírus, o atual surto de gripe H3N2 torna impossível a realização do evento. 

Junto com Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo, a Bahia é um dos estados com mais influência nas festas de Carnaval em todo o país. Todos os anos, milhares de foliões - incluindo muitos turistas - se aglomeram em torno de trios elétricos de artistas baianos, principalmente, ao som do Axé. 

>>> Saiba tudo sobre a gripe H3N2, clicando aqui. 

"Alguém falar de carnaval a essa altura do campeonato, está querendo ser irresponsável com a vida do outro e eu não estou nesse grupo. Portanto, nós não teremos carnaval nesse modelo que nós conhecemos como carnaval. Não há mínima condição", disse Rui Costa, segundo o G1. 

"A maior alegria que a gente vai ter é de superar o vírus do coronavírus e agora esse vírus da gripe. Se no início de dezembro estava difícil de fazer carnaval, agora ficou impossível", acrescentou. "Comerciantes fizeram esforços, trabalhadores fizeram esforços, profissionais de saúde trabalharam loucamente durante esse período, todo mundo exausto. Perdemos muita gente e não queremos voltar a perder tanta gente", disse também. 

.

"Todo o mundo está com medidas mais rigorosas. Nós aqui já temos riscos suficientes, não vamos correr mais um. Vamos devagar que o santo é de barro".

Artistas concordam

Antes mesmo do anúncio oficial do governador, famosos cantores da Bahia já haviam declarado que não participariam da festa. Entre eles, Bell Marques, Daniela Mercury e Leo Santana. 

"Sinto muito em anunciar isso, mas avaliamos bem a situação e chegamos à conclusão que o cenário é muito incerto", disse Mercury no início de dezembro. 

Pernambuco

Até a manhã desta quinta-feira (23), o governador Paulo Câmara ainda não havia se posicionado sobre a realização ou cancelamento do Carnaval no Estado de Pernambuco. 

Cidades como Recife e Olinda também costumam reunir dezenas de milhares de foliões em festas públicas todos os anos. 

No Recife, o prefeito João Campos disse que vai definir a realização do evento até o final da primeira quinzena de janeiro. 

Comentários


Mais Lidas