INTERNACIONAL

GUERRA RÚSSIA E UCRÂNIA: EUA enviarão 7.000 soldados adicionais à Alemanha


A invasão da Rússia contra a Ucrânia aconteceu na madrugada desta quinta-feira (24)

AFP
AFP
Publicado em 24/02/2022 às 17:56
Notícia
ARIS MESSINIS/AFP
Explosões e movimentações de tanques são notadas em diferentes cidades ucranianas - FOTO: ARIS MESSINIS/AFP
Leitura:

Cerca de 7.000 militares adicionais serão enviados à Alemanha pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos em resposta à invasão da Rússia na Ucrânia, anunciou nesta quinta-feira (24) um integrante do alto escalão do governo americano em Washington.

A invasão da Rússia contra a Ucrânia aconteceu na madrugada desta quinta-feira (24) e contou com explosões na capital ucraniana Kiev, aterrorizaram os moradores do pequeno país.

O objetivo deste novo contingente, que deve chegar à Europa nos próximos dias, é "tranquilizar os aliados da Otan, dissuadir um ataque russo e ficar de prontidão para apoiar as necessidades da região", detalhou o funcionário.

Assim, estes soldados se juntarão aos outros 5.000 militares americanos já enviados pelo presidente Joe Biden à Alemanha e ao flanco oriental da Otan.

Além disso, Washington reposicionou 1.000 soldados nos países bálticos e na Romênia, que temem que o conflito se estenda para as suas fronteiras.

Incluindo os reforços anunciados nesta quinta, os Estados Unidos somarão mais de 90.000 soldados desdobrados na Europa.


Mais Lidas