Vaticano

GUERRA RÚSSIA E UCRÂNIA: Papa convida todos os católicos a unir-se à consagração da Rússia e Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria

Celebração de 25 de março, no Vaticano e em Fátima, vai pedir a paz no mundo

Giovanna Torreão
Giovanna Torreão
Publicado em 20/03/2022 às 15:46
Notícia
VINCENZO PINTO / AFP
O Papa convidou hoje os católicos de todo o mundo a unir-se à consagração da Rússia e Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria - FOTO: VINCENZO PINTO / AFP
Leitura:

Neste domingo (20), o Papa Francisco convidou os católicos de todo o mundo para unir-se à consagração da Rússia e Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria. A celebração acontece nesta sexta-feira (25) e irá pedir a paz no mundo.

“Convido cada comunidade e cada fiel a unir-se a mim, na sexta-feira, 25 de março, solenidade da anunciação, para cumprir um solene ato de consagração da humanidade, especialmente da Rússia e da Ucrânia, ao Imaculado Coração de Maria, para que Ela, Rainha da Paz, obtenha a paz para o mundo”, disse Francisco.

A declaração foi dada logo após a recitação do ângelus para milhares de pessoas que estavam reunidas na Praça de São Pedro, em frente à Basílica de São Pedro, no Vaticano.

O ato de consagração vai ser realizado a partir das 17h, durante a Celebração da Penitência, presidida pelo Papa na Basílica de São Pedro.

A celebração também acontecerá em Fátima, no mesmo horário, durante a recitação do Rosário na Capelinha das Aparições, onde será presidida pelo cardeal Konrad Krajewski, esmoler pontifício enviado do Papa.

.

Em comunicado, a Conferência Episcopal Portuguesa informou a intenção dos bispos diocesanos de se associarem à celebração, marcando presença na Cova da Iria.

Francisco já havia convidado, na última sexta-feira (18), os bispos e padres de todo o mundo para se unirem nesta consagração.

*com informações da Agência ECCLESIA

Comentários

Mais Lidas