Mendigo de Planaltina

Mendigo da Planaltina é convidado para ser deputado

Ele teria recebido o convite de, pelo menos, quatro partidos

Ana Roberta Amorim
Ana Roberta Amorim
Publicado em 24/03/2022 às 17:22
Notícia
Reprodução
Morador de rua conhecido como 'Mendigo de Planaltina', envolvido em traição de personal, foi convidado para ser deputado - FOTO: Reprodução
Leitura:

A Câmara dos Deputados ou a Câmara Legislativa do Distrito Federal pode ter um novo membro a partir de 2023. Givaldo Alves de Souza, o mendigo de Planaltina que se viu envolvido em uma confusão no início de março, quando foi espancado por um personal trainer após ser flagrado tendo relações sexuais com a esposa do profissional, foi convidado para se candidatar a deputado nas próximas eleições.

O convite veio de, pelo menos, quatro partidos, segundo informações do portal Metrópoles. As siglas dos partidos não foram divulgadas, assim como comentários do morador de rua sobre o suposto convite. 

Relembre o caso

No começo de março deste ano, um morador de rua foi flagrado mantendo relações sexuais com uma mulher dentro de um carro pelo esposo dela. O mendigo foi agredido pelo marido, que é personal trainer. 

Nesta quinta (24), foi divulgada uma entrevista com ele, pelo portal Metrópoles, em que o morador de rua relata pela primeira vez a sua versão dos fatos. 

Ele afirma que "não fez nenhum mal". O morador de rua também definiu o momento como "maravilhoso". "Quero dar parabéns, você é a mulher que faria qualquer homem amante das mulheres feliz", falou. Mas fez um alerta: "Só não faça mais essas loucuras de parar pessoas na rua. Pois o sofrimento que isso me causou é de me deixar sozinho para sempre", disse. 

Veja também:

Comentários

Mais Lidas