POLÍTICA

ELEIÇÕES 2022: Belo se filia ao PL, partido de Bolsonaro, e deve ser candidato a deputado federal

O cantor á havia participado de festas com representantes da sigla

Paloma Xavier
Paloma Xavier
Publicado em 06/04/2022 às 19:33 | Atualizado em 06/04/2022 às 20:07
Notícia
Reprodução/Instagram e Anderson Riedel/PR
Belo se filiou ao PL, partido do presidente Jair Bolsonaro - FOTO: Reprodução/Instagram e Anderson Riedel/PR
Leitura:

O cantor Marcelo Pires Vieira, mais conhecido pelo nome artístico Belo, se filiou ao PL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

O cantor de pagode pretende disputar as eleições de 2022, concorrendo a um cargo de deputado federal pelo partido.

.

Belo já havia participado de festas com representantes do partido do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Nas últimas semanas, o cantor também se apresentou no aniversário do governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), e do ex-secretário de governo Rodrigo Bacellar (PL).

Vida política

Essa não seria a primeira vez que Belo se aventura na política. Em 2014, o pagodeiro chegou a ensaiar uma candidatura pelo PCdoB, partido que faz oposição ao hoje presidente Jair Bolsonaro.

Entretanto, a candidatura de Belo não se concretizou. Agora, as chances de sair para campanha podem ser maiores.

Polêmicas e prisões

Belo tem um histórico machado com problemas com a Justiça, o que ocasionou sua prisão. Em 2003, o cantor foi condenado a seis anos de prisão por tráfico de drogas e associação para fins de tráfico. Ele ficou preso por quatro anos.

A detenção foi extinta em 2010. Belo sempre declarou sua inocência.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Marcelo Pires (@belo)

Em 2013, o cantor foi acusado novamente, dessa vez por estelionato.

No ano passado, Belo foi detido pela Polícia do Rio de Janeiro por promover show e aglomeração em momento de pandemia da Covid-19. O cantor foi solto no dia seguinte.

Além disso, o pagodeiro já teve ganhos de streamings penhorados pela Justiça para pagar dívida com produtor.

Comentários

Mais Lidas