Carnaval 2022

Menina de 11 anos tem perna amputada após ser atropelada por carro alegórico de escola de samba no Carnaval do Rio de Janeiro

Raquel Antunes da Silva foi prensada entre carro alegórico e poste; vítima sofreu parada cardíaca após colisão

Gabriel dos Santos
Gabriel dos Santos
Publicado em 21/04/2022 às 8:45 | Atualizado em 21/04/2022 às 8:48
Notícia
DIVULGAÇÃO
NA RUA Riotur iniciou planejamento dos desfiles para festa de 2022 - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

A primeira noite de desfile das escolas de samba da série ouro do Rio de Janeiro terminou com uma notícia triste e preocupante. Uma menina de 11 anos foi atropelada por um carro alegórico e teve ao menos uma das pernas amputada. De acordo com o G1, o estado da outra perna é delicado.

Raquel Antunes da Silva foi ao evento com a mãe. De acordo com a apuração do G1, mãe e filha estavam lanchando em uma praça, perto da Sapucaí, onde acontecem os desfiles. 

Em certo momento, a menininha se afastou com dois amigos para olhar os carros alegóricos que estavam passando pela região. Em seguida, a mãe de Raquel foi avisada que a filha havia sido atropelada. 

De acordo com os médicos, a menina teve as duas pernas esmagadas. O carro alegórico envolvido no caso é da escola de samba Em Cima da Hora. Por enquanto, não se sabe o que causou o acidente, mas a polícia vai investigar o caso.

Cirurgia complexa

Os médicos dizem que a cirurgia é complexa. Raquel recebeu os primeiros socorros no posto médico da Sapucaí e, depois, levada para o hospital. 

“Ela foi pra outra praça do outro lado. Quando a mãe olhou, ela não tava. Logo após, foi coisa de 5 minutos, já veio o irmão avisando que ela foi atropelada. O carro alegórico espremeu ela no poste. Ela estava bem encostada pra ver os carros passarem, então a gente não sabe se ainda [o que aconteceu direito]... Porque a rua tá bem movimentada, então a gente ainda não sabe. Tá tentando assimilar o que aconteceu”, contou ao G1 uma amiga da família identificada como Aline da Mota. 

LIERJ divulga nota

"As ligas das escolas de samba do Rio de Janeiro estão abaladas e se solidarizam com a família de Raquel Antunes. A jovem menor subiu no carro alegórico fora do sambódromo, na Rua Frei Caneca, no Estácio após deixar a área de dispersão. Prontamente, em menos de dois minutos, ela foi socorrida e levada ao Hospital Sousa Aguiar, onde foi submetida a cirurgias. Equipes das Ligas e da Escola acompanham o caso na unidade hospitalar ao lado da família desde o primeiro instante e também colaboram com as autoridades. Nesse momento, é preciso esperar a apuração da perícia e autoridades para novos esclarecimentos".

A Em Cima da Hora disse que está apurando os fatos e que ainda não pode se pronunciar.

.

Comentários

Mais Lidas