Notícias

PAULO CUPERTINO: Isabela Tibcherani, filha do suspeito de matar o ator Rafael Miguel, faz revelação surpreendente sobre pai

O homem foi preso pela morte do jovem e seus pais

Maria Luísa Fernandes
Maria Luísa Fernandes
Publicado em 17/05/2022 às 16:47
Notícia
Reprodução/ TV Globo/ Polícia Civil
Isabela, filha de Paulo Cupertino, se pronuncia sobre prisão do pai - FOTO: Reprodução/ TV Globo/ Polícia Civil
Leitura:

Isabela Tibcherani, filha do homem suspeito de matar o ator infantil Rafael Miguel, acabou se pronunciando sobre a situação do pai, que finalmente foi encontrado após quase três anos depois do crime. 

Paulo Cupertino Matias estava em primeiro lugar na lista dos criminosos mais procurados de São Paulo e acabou sendo encontrado na segunda-feira (16).

REVELAÇÃO DE ISABELA 

Durante uma entrevista com o portal de notícias "G1", Isabela revelou que estava bastante aliviada com a prisão do pai e que não deseja manter nenhum tipo de contato com o suspeito de matar o seu namorado. 

"Ter que reviver tudo isso não é fácil, principalmente mediante todos os esforços para desvincular minha imagem de toda essa repercussão negativa, mas é uma notícia que minimamente alivia, mas não resolve muita coisa", iniciou a jovem.

"É muito bom saber que ele foi preso. É o senso de Justiça. Desejo que ele pague pelo que ele fez", continuou.

Isabela também chegou a comentar que estava bastante revoltada por um comentário realizado pelo homem, já que mesmo com a sua prisão, ainda não estava mentalmente feliz. 

"Me revolta ele dizer que estou mais feliz. Porque eu não estou. Eu me reconstruí, amadureci, eu mudei tanto física quanto mentalmente mas felicidade é um termo que ainda não conheço de fato", finalizou.

Após ser preso, Paulo Cupertino afirmou que a filha está muito mais feliz agora do que realmente estava quando namorada com Rafael Miguel.

CASO DE RAFAEL MIGUEL 

Segundo o Ministério Público (MP), o empresário acabou assassinando Rafael Miguel e sua família porque não aceitava o namoro de Isabela Tibcherani, a sua filha que tinha apenas 18 anos na época, com o ator.

O momento gravado por algumas câmeras de segurança mostra perfeitamente o momento em que Cupertino atira 13 vezes em Rafael, que tinha apenas 22 anos, e nos pais do jovem: João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50.

.

Reprodução/ Redes sociais
Isabela e Rafael Miguel eram namorados na época - Reprodução/ Redes sociais

Atualmente, Paulo Cupertino é acusado de triplo homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa das vítimas. O homem, que está com 50 anos de idade, nunca chegou a constituir um advogado para defendê-lo no caso.

O crime ocorreu em frente a casa onde Isabela morava juntamente com sua mãe, no bairro da Pedreira, Zona Sul da capital paulista. As duas chegaram a ser baleadas pelo homem e sobreviveram.

Comentários

Mais Lidas