VARÍOLA DOS MACACOS

Varíola dos macacos: doença pode chegar ao Brasil? Saiba os sintomas

Vírus que causa essa doença letal está se espalhando pelo mundo

Paloma Xavier
Paloma Xavier
Publicado em 21/05/2022 às 17:29 | Atualizado em 13/06/2022 às 17:07
Notícia
OMS/CENTRO DE CONTROLE DE DOENÇAS DA NIGÉRIA
A varíola causa erupções na pele e é letal - FOTO: OMS/CENTRO DE CONTROLE DE DOENÇAS DA NIGÉRIA
Leitura:

O avanço da varíola dos macacos está deixando cientistas de todo o mundo alertas. Aqui não é diferente: cientistas brasileiros formaram uma comissão para acompanhar os casos da doença que teve aumento de casos registrados fora da África, indício de uma cadeia de transmissão atípica.

A Câmara Técnica Temporária será coordenada pela RedeVírus do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI). Os sete cientistas do grupo vão montar um planejamento para estruturar a rede de saúde para quando os primeiros casos surgirem no Brasil.

Casos de varíola dos macacos foram registrados em países da Europa, além dos Estados Unidos e Israel, o que, segundo a virologista Giliane Trindade, apresenta um “risco iminente da entrada dele no Brasil”.

.

A virologista, que faz parte da comissão, afirma que ainda não há motivo para pânico, visto que o grupo tem condições de detectar esse vírus.

Até a sexta-feira (20) um documento compartilhado pelos países relatava 143 de casos notificados, entre suspeitos e confirmados. A maioria dos casos era em Portugal, Espanha e Reino Unido.

Ainda na sexta, a Alemanha notificou o primeiro caso da varíola dos macacos: um brasileiro.

O QUE É VARIOLA DO MACACO?

A varíola do macaco é um membro do grupo dos ortopoxvírus. Uma das características desses vírus é que eles conseguem infectar o ser humano e outros animais.

O vírus zoonótico - que passa do animal para o ser humano - circula há pelo menos 50 anos no continente africano, principalmente em áreas de floresta tropical da África Central e Ocidental. Por estar basicamente restrito à região, ele é considerado endêmico.

Casos já foram registrados em outros continentes, mas sempre importados.

.

SCIENCE PHOTO LIBRARY
Vírus causador da varíola dos macacos é letal - SCIENCE PHOTO LIBRARY

Os primeiros casos notificados de transmissão no surto atual da Europa aconteceram por relação sexual entre homens que foram infectados. A via sexual é considerada uma das hipóteses de transmissão. Ou seja, o vírus pode ser passado pelo contato com secreções de pessoas infectadas.

Já na África, a maior incidência de transmissão é o contato com os animais silvestres, principalmente pela caça. Pessoas que vão a regiões silvestres para caçar, e entram em contato com animais podem iniciar uma cadeia de transmissão na comunidade.

QUAIS SÃO OS SINTOMAS DA VARIOLA DO MACACO?

A varíola humana, uma das maiores causadoras de mortes no mundo, foi erradicada em 1980. Mas a varíola dos macacos, causada por um vírus (monkeypox) da mesma família do da varíola humana, nunca saiu de circulação.

O vírus monkeypox, que tem infectado pessoas pelo mundo, tem um período de incubação de sete a 14 dias.

Pessoas contaminadas pelo vírus podem apresentar como sintomas iniciais parecidos com os da gripe: febre, calafrios, exaustão, dor de cabeça e fraqueza muscular. Além do inchaço nos gânglios linfáticos, que ajudam o corpo a combater infecções e doenças.

.

REPRODUÇÃO/WIKIPEDIA
Erupções causadas pela varíola dos macacos no corpo de uma menina na Libéria - REPRODUÇÃO/WIKIPEDIA

Esse inchaço pode diferir a infecção com varíola do macaco da varíola humana.

Outros sintomas aparecme depois, como a erupção cutânea generalizada no rosto e no corpo - até mesmo dentro da boca e nas palmas das mãos e solas dos pés.

Essas lesões são dolorosas e peroladas e estão cheias de líquido, muitas vezes cercadas por círculos vermelhos. Depois de três semanas, as lesões cicatrizam e desaparecem.

Não há medicamentos específicos disponíveis para o tratamento. Entretanto, existe uma vacina disponível que pode prevenir o desenvolvimento da doença.

Comentários

Mais Lidas