Audioteca | CARNAVAL 2017

Fundação de Cultura do Recife nega risco do Galo da Madrugada desabar


O artista plástico Sávio Araújo, que é ex-escultor do Galo da Madrugada, disse que o monumento não tem condições técnicas para estar na ponte

Publicado em 17/02/2017, às 13:28


Rádio Jornal
Foto: Acervo/ JC Imagem


O presidente da Fundação de Cultura do Recife, Diego Rocha, negou, nesta sexta-feira (17), a denúncia de que a estrutura do Galo da Madrugada pode desabar. O artista plástico Sávio Araújo, que é ex-escultor do monumento carnavalesco havia dito, na última quarta-feira (15), que o Galo não tem condições técnicas para estar na ponte. 

Segundo Diego Rocha, o Galo da Madrugada está quase pronto para ser montado na Ponte Duarte Coelho. “Antes da prefeitura tomar uma decisão, Sávio declinou do convite então fomos atrás de quem já tinha feito o galo ou estrutura parecida com ele”, disse o presidente da Fundação de Cultura.

Ouça a entrevista completa: 

De acordo com ele, o projeto da estrutura do Galo da Madrugada passou por cálculos estruturais confiáveis, “A gente recebeu um projeto que tinha o cálculo estrutural, todo desenho arquitetônico que foi feito, com o engenheiro calculista que assinou esse projeto. Mesmo assim, a gente também recalculou com a ajuda da Emlurb, onde engenheiros calculistas que cuidam das pontes fizeram toda a análise desse projeto”, garantiu Diego Rocha.  

Ele ainda defende a gestão e disse que a Prefeitura do Recife pensou na segurança do folião que vai apreciar o Galo da Madrugada. “Nem eu, nem o prefeito iria assinar um projeto que não fosse seguro para a cidade”, destacou Diego. “O folião pode brincar tranquilo. Foi analisado aspectos de isolamento do local, de peso na ponte, tudo isso para garantir a segurança de quem vai brincar o galo”, concluiu o presidente. 

Entenda a polêmica

O artista plástico Sávio Araújo deixou o projeto do Galo da Madrugada este ano, após sete anos à frente da montagem, e pretende acionar a justiça para tentar embargar a montagem do novo galo que está sendo feito. A justificativa de Sávio sobre a insegurança da estrutura foi de que o monumento não está sendo feito da maneira adequada e que o Galo pode facilmente desabar.

Esse ano, o Galo da Madrugada será grafitado e o maior bloco do mundo tomará as ruas no dia 25 de fevereiro, no Sábado de Zé Pereira. O artista deixou o projeto após recusar proposta para que fizesse o galo gigante completamente cinza e que grafiteiros o pintassem. 

Ele ainda disse que a confecção está copiando partes da ideia dele. Com a saída de Sávio, quem assina a decoração da nova escultura este ano é o jornalista, cantor e artista plástico pernambucano Flávio Barra. 

 

 

Audioteca

Fundação de Cultura do Recife nega risco do Galo da Madrugada desabar



Publicado em 17/02/2017, às 13:28


Rádio Jornal
Foto: Acervo/ JC Imagem


O presidente da Fundação de Cultura do Recife, Diego Rocha, negou, nesta sexta-feira (17), a denúncia de que a estrutura do Galo da Madrugada pode desabar. O artista plástico Sávio Araújo, que é ex-escultor do monumento carnavalesco havia dito, na última quarta-feira (15), que o Galo não tem condições técnicas para estar na ponte. 

Segundo Diego Rocha, o Galo da Madrugada está quase pronto para ser montado na Ponte Duarte Coelho. “Antes da prefeitura tomar uma decisão, Sávio declinou do convite então fomos atrás de quem já tinha feito o galo ou estrutura parecida com ele”, disse o presidente da Fundação de Cultura.

Ouça a entrevista completa: 

[uolmais_audio 16142169]

De acordo com ele, o projeto da estrutura do Galo da Madrugada passou por cálculos estruturais confiáveis, “A gente recebeu um projeto que tinha o cálculo estrutural, todo desenho arquitetônico que foi feito, com o engenheiro calculista que assinou esse projeto. Mesmo assim, a gente também recalculou com a ajuda da Emlurb, onde engenheiros calculistas que cuidam das pontes fizeram toda a análise desse projeto”, garantiu Diego Rocha.  

Ele ainda defende a gestão e disse que a Prefeitura do Recife pensou na segurança do folião que vai apreciar o Galo da Madrugada. “Nem eu, nem o prefeito iria assinar um projeto que não fosse seguro para a cidade”, destacou Diego. “O folião pode brincar tranquilo. Foi analisado aspectos de isolamento do local, de peso na ponte, tudo isso para garantir a segurança de quem vai brincar o galo”, concluiu o presidente. 

Entenda a polêmica

O artista plástico Sávio Araújo deixou o projeto do Galo da Madrugada este ano, após sete anos à frente da montagem, e pretende acionar a justiça para tentar embargar a montagem do novo galo que está sendo feito. A justificativa de Sávio sobre a insegurança da estrutura foi de que o monumento não está sendo feito da maneira adequada e que o Galo pode facilmente desabar.

Esse ano, o Galo da Madrugada será grafitado e o maior bloco do mundo tomará as ruas no dia 25 de fevereiro, no Sábado de Zé Pereira. O artista deixou o projeto após recusar proposta para que fizesse o galo gigante completamente cinza e que grafiteiros o pintassem. 

Ele ainda disse que a confecção está copiando partes da ideia dele. Com a saída de Sávio, quem assina a decoração da nova escultura este ano é o jornalista, cantor e artista plástico pernambucano Flávio Barra.