Audioteca | PSICOLOGIA EM MOVIMENTO

Entenda a diferença entre tolerância e aceitação


O professor e pisicólogo Sylvio Ferreira explica a que se refere os termos tolerância e aceitação no programa em Movimento

Publicado em 10/05/2017, às 01:12


Rádio Jornal
Carol Santos

O professor também falou sobre compreensão do outro como a si mesmo.
Foto: reprodução/internet

No quadro Psicologia em Movimento desta terça-feira (09) o psicólogo e professor Sylvio Ferreira iniciou o bate-papo com o comunicador Marcelo Araújo com uma análise sobre a distinção entre tolerância e aceitação. De acordo com ele há uma diferença na interpretação dos termos."Quando nós toleramos fazemos um esforço interior para aceitar alguma coisa, a tolerância nesse sentido não é aceitação, já que esta não exige do outro nenhum esforço interior. A aceitação é um processo natural", explica o professor Sylvio Ferreira.

Ele comenta ainda que, na aceitação, a pessoa entende as diferenças e não recebe aquilo como uma ameça, é um processo natural que se apresenta como uma relação de respeito e compreenção, na tolerância há um esforço. "Na tolerância faz-se um esforço.(...) Na tolerância aceita-se esse outro, mas em um certo grau de distanciamento", explica.



Ouça na íntegra:

Na conversa eles refletiram também sobre o comportamento exibicionista de pessoas na convivência em sociedade, na qual, há em alguns casos, uma necessidade mostrar como um "personagem". Além disso, outras questões foram citadas como a formação de identidade das crianças através da relações sociais.

Mande sugestões e dúvidas para o programa através do e-mail movimento@radiojornal.com.br.


Audioteca

Entenda a diferença entre tolerância e aceitação



Publicado em 10/05/2017, às 01:12


Rádio Jornal
Carol Santos

[IMAGEM]

No quadro Psicologia em Movimento desta terça-feira (09) o psicólogo e professor Sylvio Ferreira iniciou o bate-papo com o comunicador Marcelo Araújo com uma análise sobre a distinção entre tolerância e aceitação. De acordo com ele há uma diferença na interpretação dos termos."Quando nós toleramos fazemos um esforço interior para aceitar alguma coisa, a tolerância nesse sentido não é aceitação, já que esta não exige do outro nenhum esforço interior. A aceitação é um processo natural", explica o professor Sylvio Ferreira.

Ele comenta ainda que, na aceitação, a pessoa entende as diferenças e não recebe aquilo como uma ameça, é um processo natural que se apresenta como uma relação de respeito e compreenção, na tolerância há um esforço. "Na tolerância faz-se um esforço.(...) Na tolerância aceita-se esse outro, mas em um certo grau de distanciamento", explica.

Ouça na íntegra:

[uolmais_audio 16212490]

Na conversa eles refletiram também sobre o comportamento exibicionista de pessoas na convivência em sociedade, na qual, há em alguns casos, uma necessidade mostrar como um "personagem". Além disso, outras questões foram citadas como a formação de identidade das crianças através da relações sociais.

Mande sugestões e dúvidas para o programa através do e-mail movimento@radiojornal.com.br.