Notícia | JUSTIÇA

Após dois dias presa, mãe de bebê atacado por cachorro é liberada: só quero cuidar do meu filho


A feirante foi presa por abandono de incapaz. Ela deixava o menino e a filha de 13 anos na casa da avó para poder trabalhar

Publicado em 18/01/2016, às 10:55

Da Rádio Jornal
Postado por Luiza Falcão
Criança está internada em estado grave no Hospital da Restauração. Foto: Divulgação


Depois de abaixo-assinado dos vizinhos e pressão da imprensa, a feirante Karla Barbosa da Silva, a mãe do pequeno Nicolas Johab Ferreira da Silva, de 11 meses de vida, foi liberada pela polícia da Colônia Penal Feminina para acompanhar o estado de saúde do filho. A criança está internada em estado grave no Hospítal da Restauração desde o último sábado (16), quando foi atacado por um pitbull.

De acordo com Karla, o menino ficou em casa com a irmã de 13 anos para ela poder ir vender verduras e verduras no Mercado de São José. Nicolas foi atacado pelo animal de estimação da avó, o cachorro conhecido como Babuíno, na residência da família em Jardim Monte Verde, no Ibura. Na tentativa de salvar o bebê, o animal foi sacrificado.

A feirante havia sido presa em flagrante por abandono de incapaz e encaminhada para a Colônia Penal Feminina, no Engenho do Meio. Ela diz que precisava ir trabalhar para poder conseguir criar os filhos. “Eu não desejo aquilo pra ninguém. Se eu passasse mais tempo, eu via mais coisa. Vi muita menina sendo humilhada”, disse.

Os vizinhos de Karla chegaram a organizar um abaixo assinado para pedir a liberdade da mãe do bebê. Em entrevista à Rádio Jornal, o advogado especialista na área de família afirmou que a prisão foi arbitrária e abusiva.

Comentários

Notícia

Após dois dias presa, mãe de bebê atacado por cachorro é liberada: só quero cuidar do meu filho



Publicado em 18/01/2016, às 10:55


Da Rádio Jornal
Postado por Luiza Falcão
Criança está internada em estado grave no Hospital da Restauração. Foto: Divulgação


Depois de abaixo-assinado dos vizinhos e pressão da imprensa, a feirante Karla Barbosa da Silva, a mãe do pequeno Nicolas Johab Ferreira da Silva, de 11 meses de vida, foi liberada pela polícia da Colônia Penal Feminina para acompanhar o estado de saúde do filho. A criança está internada em estado grave no Hospítal da Restauração desde o último sábado (16), quando foi atacado por um pitbull.

[uolmais_audio 15739862]

De acordo com Karla, o menino ficou em casa com a irmã de 13 anos para ela poder ir vender verduras e verduras no Mercado de São José. Nicolas foi atacado pelo animal de estimação da avó, o cachorro conhecido como Babuíno, na residência da família em Jardim Monte Verde, no Ibura. Na tentativa de salvar o bebê, o animal foi sacrificado.

A feirante havia sido presa em flagrante por abandono de incapaz e encaminhada para a Colônia Penal Feminina, no Engenho do Meio. Ela diz que precisava ir trabalhar para poder conseguir criar os filhos. “Eu não desejo aquilo pra ninguém. Se eu passasse mais tempo, eu via mais coisa. Vi muita menina sendo humilhada”, disse.

Os vizinhos de Karla chegaram a organizar um abaixo assinado para pedir a liberdade da mãe do bebê. Em entrevista à Rádio Jornal, o advogado especialista na área de família afirmou que a prisão foi arbitrária e abusiva.