Notícia | POLÍTICA

Com ajuda do PT, Rodrigo Maia assume presidência da Câmara


Rodrigo Maia (DEM-RJ) venceu o candidato ligado a Eduardo Cunha por 285 votos contra 170

Publicado em 14/07/2016, às 07:25

Rádio Jornal
Foto: Zeca Ribeiro | Câmara dos Deputados | Divulgação


O deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) é o novo presidente da Câmara até 1° de fevereiro de 2017. Maia derrotou o deputado Rogério Rosso (PSD-DF) por 285 votos contra 170.

Rodrigo Maia teve apoio do Palácio do Planalto enquanto que Rogério Rosso seria a continuidade da gestão do ex-presidente Eduardo Cunha. Além do Planalto, os principais partidos que eram de oposição ao governo do PT se juntaram para colocar Rodrigo Maia na presidência da Câmara. Mas, Rodrigo Maia também teve apoio do PT. O novo presidente da Câmara, iniciou os agradecimentos pelo líder do Partido dos Trabalhadores, Afonso Florence.
 
Direto de Brasília, Romoaldo de Souza traz os detalhes:



No discurso, Maia disse que a intenção é de pacificar o plenário. “Nós temos que pacificar esse plenário e dialogar”, afirma. O ex-presidente Lula e Eduardo Cunha são os dois grandes derrotados. Lula perde porque apoiou a candidatura de Marcelo Castro, que não foi para o segundo turno. Eduardo Cunha também saiu derrotado porque trabalhou em favor de Rogério Rosso.

Para o vice-líder da oposição, Silvio Costa, quem sai perdendo é o governo de Michel Temer. “Ele começou perdendo logo quando Marcelo Castro viabilizou o nome dele no PMDB. Existe uma crise na base de Michel Temer”, disse.

Para o deputado pernambucano Jarbas Vasconcelos, todos saem ganhando, menos Eduardo Cunha. “Ganha a Câmara dos Deputados, mas ganha um país. Vamos ter uma pessoa articulada e decente, o que estava faltando à Câmara. E a gente sepulta, definitivamente, Eduardo Cunha”, conclui.

 

Publicidade

Comentários

Notícia

Com ajuda do PT, Rodrigo Maia assume presidência da Câmara



Publicado em 14/07/2016, às 07:25


Rádio Jornal
Foto: Zeca Ribeiro | Câmara dos Deputados | Divulgação


O deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) é o novo presidente da Câmara até 1° de fevereiro de 2017. Maia derrotou o deputado Rogério Rosso (PSD-DF) por 285 votos contra 170.

Rodrigo Maia teve apoio do Palácio do Planalto enquanto que Rogério Rosso seria a continuidade da gestão do ex-presidente Eduardo Cunha. Além do Planalto, os principais partidos que eram de oposição ao governo do PT se juntaram para colocar Rodrigo Maia na presidência da Câmara. Mas, Rodrigo Maia também teve apoio do PT. O novo presidente da Câmara, iniciou os agradecimentos pelo líder do Partido dos Trabalhadores, Afonso Florence.
 
Direto de Brasília, Romoaldo de Souza traz os detalhes:

[uolmais_audio 15927217]

No discurso, Maia disse que a intenção é de pacificar o plenário. “Nós temos que pacificar esse plenário e dialogar”, afirma. O ex-presidente Lula e Eduardo Cunha são os dois grandes derrotados. Lula perde porque apoiou a candidatura de Marcelo Castro, que não foi para o segundo turno. Eduardo Cunha também saiu derrotado porque trabalhou em favor de Rogério Rosso.

Para o vice-líder da oposição, Silvio Costa, quem sai perdendo é o governo de Michel Temer. “Ele começou perdendo logo quando Marcelo Castro viabilizou o nome dele no PMDB. Existe uma crise na base de Michel Temer”, disse.

Para o deputado pernambucano Jarbas Vasconcelos, todos saem ganhando, menos Eduardo Cunha. “Ganha a Câmara dos Deputados, mas ganha um país. Vamos ter uma pessoa articulada e decente, o que estava faltando à Câmara. E a gente sepulta, definitivamente, Eduardo Cunha”, conclui.