Notícia | MEIO AMBIENTE

Plano de redução de gases poluentes é lançado no Recife


A prefeitura do Recife quer incentivar o uso de combustíveis menos poluentes. Na capital, os dois grandes vilões do meio ambiente são os setores de transportes e energia

Publicado em 26/12/2016, às 15:06

Rádio Jornal
Foto: Marcos Pastich/Acervo JC Imagem


Se você mora no Recife, admira as pontes e as praias, pode estar deixando passar por despercebido os sérios riscos do aumento da temperatura, das chuvas e do nível do mar. A capital pernambucana, considerada a 16ª cidade mais vulnerável do mundo, registrou no inventário de emissão de gases de efeito estufa de 2012, que três toneladas de gás carbônico foram jogadas na atmosfera e que desde a criação da comissão de clima do Recife tenta baixar esses números.

Em seu último relatório de 2015, a cidade conseguiu reduzir a emissão dos poluentes para 1,8 toneladas de CO2 e a proposta da gestão municipal é alcançar números bem melhores até 2040, como consta no plano de baixo carbono, divulgado pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Recife, Inamara Melo, nesta segunda-feira (26). “Apresentamos propostas que devem ser seguidas por todos os setores e pelo poder público municipal”, afirma.

Ouça os detalhes na reportagem de Rafael Carneiro:

Combate

O documento de 96 páginas, elaborado com o apoio das Organizações das Nações Unidas aponta ações de combate as mudanças no clima a serem adotados em setores estratégicos: resíduos e saneamento, energia, desenvolvimento urbano sustentável e transporte e mobilidade.

Os dois grandes vilões do meio ambiente, no Recife, são os setores de transportes e energia e para isso, a prefeitura quer incentivar o uso de combustíveis menos poluentes, a começar pelo utilizado na frota de carros da administração e a instalação de lâmpadas de led na iluminação pública.

Luís Oliveira, chefe do setor de política de baixo carbono e clima do recife, pede que a população se mobilize contra a emissão de poluentes. O plano de redução de emissão de gases do efeito estufa está disponível para consulta no site da Prefeitura do Recife.

 

Recomendados para você

Publicidade

Comentários

Notícia

Plano de redução de gases poluentes é lançado no Recife



Publicado em 26/12/2016, às 15:06


Rádio Jornal
Foto: Marcos Pastich/Acervo JC Imagem


Se você mora no Recife, admira as pontes e as praias, pode estar deixando passar por despercebido os sérios riscos do aumento da temperatura, das chuvas e do nível do mar. A capital pernambucana, considerada a 16ª cidade mais vulnerável do mundo, registrou no inventário de emissão de gases de efeito estufa de 2012, que três toneladas de gás carbônico foram jogadas na atmosfera e que desde a criação da comissão de clima do Recife tenta baixar esses números.

Em seu último relatório de 2015, a cidade conseguiu reduzir a emissão dos poluentes para 1,8 toneladas de CO2 e a proposta da gestão municipal é alcançar números bem melhores até 2040, como consta no plano de baixo carbono, divulgado pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Recife, Inamara Melo, nesta segunda-feira (26). “Apresentamos propostas que devem ser seguidas por todos os setores e pelo poder público municipal”, afirma.

Ouça os detalhes na reportagem de Rafael Carneiro:

[uolmais_audio 16099806]

Combate

O documento de 96 páginas, elaborado com o apoio das Organizações das Nações Unidas aponta ações de combate as mudanças no clima a serem adotados em setores estratégicos: resíduos e saneamento, energia, desenvolvimento urbano sustentável e transporte e mobilidade.

Os dois grandes vilões do meio ambiente, no Recife, são os setores de transportes e energia e para isso, a prefeitura quer incentivar o uso de combustíveis menos poluentes, a começar pelo utilizado na frota de carros da administração e a instalação de lâmpadas de led na iluminação pública.

Luís Oliveira, chefe do setor de política de baixo carbono e clima do recife, pede que a população se mobilize contra a emissão de poluentes. O plano de redução de emissão de gases do efeito estufa está disponível para consulta no site da Prefeitura do Recife.