Notícia | INSEGURANÇA

Entenda como são contabilizados números de assaltos a ônibus no Estado


Números de assaltos a ônibus divulgados pelo Sindicato dos Rodoviários são superiores aos informados pela Secretaria de Defesa Social

Publicado em 08/03/2017, às 14:25

Rádio Jornal

Foto: Acervo/ JC Imagem

Desde agosto de 2015, o repórter Eliel Alves, da editoria de polícia da Rádio Jornal, contabiliza diariamente o número de assaltos a ônibus e a passageiros nos coletivos na Região Metropolitana do Recife. Os dados nesta semana chegam a 750 investidas de primeiro de janeiro, à sete de março.

A ronda começa na madrugada para ser divulgada no Bandeira 2, programa matutino da Rádio Jornal. O comunicador Eliel Alves detalha como as informações são apuradas. “Eu estou durante toda a noite e madrugada percorrendo delegacias, hospitais e IML colhendo as informações dos casos registrados principalmente sobre os homicídios, a violência, e também os assaltos a coletivos em todo o Estado”, contou. “Trabalhamos com os registros feitos pela polícia e também colhendo informações com a equipe do Sindicato dos Rodoviários que toda noite sai percorrendo as garagens das empresas de ônibus”, disse, acrescentando que o sindicato passa os dados das linhas.

>> "Ladrão de ônibus quer apenas dinheiro do cobrador", diz presidente da Urbana-PE

>> Ônibus que transportava estudantes de Glória do Goitá é apedrejado

O assistente de comunicação do Sindicato dos Rodoviários, Genildo Pereira, relata como o sindicato recolhe as informações junto às empresas sobre assaltos a ônibus. “Nós procuramos verificar a veracidade para saber se realmente aconteceu”, confira os detalhes.



O assistente de comunicação do sindicato dos rodoviários rebate os números apresentados pela SDS. “A SDS só contabiliza quando se leva a renda da empresa, quando se leva dos usuários isso aí não é contabilizado”, denunciou Genildo Pereira.

Confira os detalhes na reportagem de Suellen Fernandes:

Governo rebate números

O Major Tavares, da Diretoria Integrada Especializada da Polícia Militar de Pernambuco, afirma que os números são menores do que os colhidos pelo Sindicato dos Rodoviários.

Só entre essa terça e quarta-feira, o Bandeira 2 contabilizou em parceria com os rodoviários, dez assaltos a ônibus. Total de 76 investidas a coletivos no mês de março.

Recomendados para você

Publicidade

Comentários

Notícia

Entenda como são contabilizados números de assaltos a ônibus no Estado



Publicado em 08/03/2017, às 14:25


Rádio Jornal

[IMAGEM]

Desde agosto de 2015, o repórter Eliel Alves, da editoria de polícia da Rádio Jornal, contabiliza diariamente o número de assaltos a ônibus e a passageiros nos coletivos na Região Metropolitana do Recife. Os dados nesta semana chegam a 750 investidas de primeiro de janeiro, à sete de março.

A ronda começa na madrugada para ser divulgada no Bandeira 2, programa matutino da Rádio Jornal. O comunicador Eliel Alves detalha como as informações são apuradas. “Eu estou durante toda a noite e madrugada percorrendo delegacias, hospitais e IML colhendo as informações dos casos registrados principalmente sobre os homicídios, a violência, e também os assaltos a coletivos em todo o Estado”, contou. “Trabalhamos com os registros feitos pela polícia e também colhendo informações com a equipe do Sindicato dos Rodoviários que toda noite sai percorrendo as garagens das empresas de ônibus”, disse, acrescentando que o sindicato passa os dados das linhas.

>> "Ladrão de ônibus quer apenas dinheiro do cobrador", diz presidente da Urbana-PE

>> Ônibus que transportava estudantes de Glória do Goitá é apedrejado

O assistente de comunicação do Sindicato dos Rodoviários, Genildo Pereira, relata como o sindicato recolhe as informações junto às empresas sobre assaltos a ônibus. “Nós procuramos verificar a veracidade para saber se realmente aconteceu”, confira os detalhes.

O assistente de comunicação do sindicato dos rodoviários rebate os números apresentados pela SDS. “A SDS só contabiliza quando se leva a renda da empresa, quando se leva dos usuários isso aí não é contabilizado”, denunciou Genildo Pereira.

Confira os detalhes na reportagem de Suellen Fernandes:

[uolmais_audio 16158642]

Governo rebate números

O Major Tavares, da Diretoria Integrada Especializada da Polícia Militar de Pernambuco, afirma que os números são menores do que os colhidos pelo Sindicato dos Rodoviários.

Só entre essa terça e quarta-feira, o Bandeira 2 contabilizou em parceria com os rodoviários, dez assaltos a ônibus. Total de 76 investidas a coletivos no mês de março.