Escrete de Ouro | Polêmica

Debate sobre a importação da arbitragem reascende após clássico


Diretor do Náutico faz duras críticas a Wagner Magalhães após o clássico contra o Sport; Toninho Monteiro e Evandro Carvalho debatem o assunto

Publicado em 17/04/2017, às 11:24

Rádio Jornal
Rádio Jornal

Wagner Magalhães (RJ) comandou o apito no Clássico dos Clássicos - Foto: CBF
Foto: CBF

Depois de mais um Clássico dos Clássicos decisivo, a arbitragem foi mais uma vez motivo de polêmica fora das quatro linhas. Para o primeiro duelo das semifinais do Pernambucano, tanto Sport e Náutico acordaram que o comando do apito ficaria sob responsabilidade de um trio fora do quadro da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), e Wagner Magalhães (RJ), auxiliado por Guilherme Dias Camilo (MG) e Emerson Carvalho (SP), assumiram a responsabilidade.


Durante a semana, o próprio Toninho Monteiro, vice de futebol da equipe alvirrubra, conversou com o repórter João Victor Amorim e confirmou que a decisão por uma arbitragem de outro estado foi não somente tomada em conjunto pelos rivais, mas que os gastos seriam divididos.


Entretanto, ao final dos primeiros noventa minutos na Ilha do Retiro, outro diretor do Náutico, Eduardo Henriques, também em entrevista a João Victor Amorim, fez graves acusações aos árbirtros por conta do gol anulado de Ewerton Páscoa. Ele também negou qualquer acordo tomado pelas duas equipes, e, segundo o cartola, no jogo de volta o trio será pernambucano.




Mesmo com o desencontro de opiniões, a questão fica por conta de um outro acordo, feito entre a FPF e os dois clubes. Segundo a Federação, ficou fechado entre as três partes que nos dois jogos, tanto na Ilha quanto na Arena, o comando do apito seria de um árbitro de outra federação estadual.

Durante o Bate Rebate de hoje, Ralph de Carvalho entrevistou o próprio Toninho Monteiro e o presidente da Federação Pernambucana, Evandro Carvalho. 


Programação


A situação da importação ou não de arbitragem deve ser resolvida esta semana. Enquanto isso, o elenco alvirrubro terá folga nesta segunda-feira (17), retornando os trabalhos no CT Wilson Campos na próxima terça-feira (18). Já o Sport se reapresenta na tarde de hoje e dá início a preparação para encarar o Joinville fora de casa, quarta-feira (19), às 21h45, pela Copa do Brasil.


Recomendados para você

Publicidade

Comentários

Escrete de Ouro

Debate sobre a importação da arbitragem reascende após clássico



Publicado em 17/04/2017, às 11:24


Rádio Jornal
Rádio Jornal

[IMAGEM]

Depois de mais um Clássico dos Clássicos decisivo, a arbitragem foi mais uma vez motivo de polêmica fora das quatro linhas. Para o primeiro duelo das semifinais do Pernambucano, tanto Sport e Náutico acordaram que o comando do apito ficaria sob responsabilidade de um trio fora do quadro da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), e Wagner Magalhães (RJ), auxiliado por Guilherme Dias Camilo (MG) e Emerson Carvalho (SP), assumiram a responsabilidade.


Durante a semana, o próprio Toninho Monteiro, vice de futebol da equipe alvirrubra, conversou com o repórter João Victor Amorim e confirmou que a decisão por uma arbitragem de outro estado foi não somente tomada em conjunto pelos rivais, mas que os gastos seriam divididos.

[uolmais_audio 16192951]


Entretanto, ao final dos primeiros noventa minutos na Ilha do Retiro, outro diretor do Náutico, Eduardo Henriques, também em entrevista a João Victor Amorim, fez graves acusações aos árbirtros por conta do gol anulado de Ewerton Páscoa. Ele também negou qualquer acordo tomado pelas duas equipes, e, segundo o cartola, no jogo de volta o trio será pernambucano.

[uolmais_audio 16193391]


Mesmo com o desencontro de opiniões, a questão fica por conta de um outro acordo, feito entre a FPF e os dois clubes. Segundo a Federação, ficou fechado entre as três partes que nos dois jogos, tanto na Ilha quanto na Arena, o comando do apito seria de um árbitro de outra federação estadual.

Durante o Bate Rebate de hoje, Ralph de Carvalho entrevistou o próprio Toninho Monteiro e o presidente da Federação Pernambucana, Evandro Carvalho. 


[uolmais_audio 16193461]

Programação


A situação da importação ou não de arbitragem deve ser resolvida esta semana. Enquanto isso, o elenco alvirrubro terá folga nesta segunda-feira (17), retornando os trabalhos no CT Wilson Campos na próxima terça-feira (18). Já o Sport se reapresenta na tarde de hoje e dá início a preparação para encarar o Joinville fora de casa, quarta-feira (19), às 21h45, pela Copa do Brasil.