Notícia | POLÊMICA

Relator apresenta novas mudanças para Reforma da Previdência


Segundo a apresentação do relator, com a Reforma da Previdência, a idade mínima da regra geral de aposentadoria seria menor para as mulheres: 62 anos

Publicado em 18/04/2017, às 17:36

Rádio Jornal

Foto: Agência Brasil

O relator da Reforma da Previdência, deputado Arthur Maia (PPS), divulgou que irá realizar diversas mudanças nas regras previdenciárias. De acordo com a apresentação do deputado, a idade mínima da regra geral de aposentadoria seria menor para as mulheres: 62 anos. Para os homens, a proposta continua em 65 anos.

A proposta original do Governo Federal era estabelecer uma idade mínima única para ambos os gêneros, de 65 anos. Ainda assim, o relator manteve a necessidade de um tempo mínimo de contribuição de 25 anos para homens e mulheres. Essas regras valeriam para o setor privado, regidos pelo INSS e para os servidores públicos.

Outras mudanças ainda não entraram na pauta de discussão, mas devem acontecer durante a tramitação do projeto na câmara. O relatório da Reforma da Previdência, que ainda está na comissão especial, deve ser apresentado só nesta quarta-feira (18) pelos deputados.



Confira outros detalhes na reportagem de Romoaldo de Souza:

Resistência

Até maio, o projeto deve chegar ao plenário da câmara para ser votado pelos 513 deputados da casa. O fato é que a Reforma Previdenciária ainda deve passar por inúmeras mudanças, até porque os parlamentares sabem que o tema é sensível e enfrenta resistência por parte da população.

Levantamento feito pelo jornal "O Estado de São Paulo" mostra que 275 deputados são contrários à proposta e apenas 101 são a favor. Importante lembrar que para ser aprovada, serão necessários 308 votos.


Recomendados para você

Publicidade

Comentários

Notícia

Relator apresenta novas mudanças para Reforma da Previdência



Publicado em 18/04/2017, às 17:36


Rádio Jornal

[IMAGEM]

O relator da Reforma da Previdência, deputado Arthur Maia (PPS), divulgou que irá realizar diversas mudanças nas regras previdenciárias. De acordo com a apresentação do deputado, a idade mínima da regra geral de aposentadoria seria menor para as mulheres: 62 anos. Para os homens, a proposta continua em 65 anos.

A proposta original do Governo Federal era estabelecer uma idade mínima única para ambos os gêneros, de 65 anos. Ainda assim, o relator manteve a necessidade de um tempo mínimo de contribuição de 25 anos para homens e mulheres. Essas regras valeriam para o setor privado, regidos pelo INSS e para os servidores públicos.

Outras mudanças ainda não entraram na pauta de discussão, mas devem acontecer durante a tramitação do projeto na câmara. O relatório da Reforma da Previdência, que ainda está na comissão especial, deve ser apresentado só nesta quarta-feira (18) pelos deputados.

Confira outros detalhes na reportagem de Romoaldo de Souza:

[uolmais_audio 16194608]

Resistência

Até maio, o projeto deve chegar ao plenário da câmara para ser votado pelos 513 deputados da casa. O fato é que a Reforma Previdenciária ainda deve passar por inúmeras mudanças, até porque os parlamentares sabem que o tema é sensível e enfrenta resistência por parte da população.

Levantamento feito pelo jornal "O Estado de São Paulo" mostra que 275 deputados são contrários à proposta e apenas 101 são a favor. Importante lembrar que para ser aprovada, serão necessários 308 votos.