Escrete de Ouro | CAMPEONATO BRASILEIRO

Náutico e América-MG empatam em jogo fraco


O técnico Waldemar Lemos, há apenas três dias sob o comando do Náutico, avaliou positivamente a atuação da equipe e afirmou que há tempo para evoluir

Publicado em 12/05/2017, às 23:41

Rádio Jornal
Carol Santos

Fotos: Guga Matos/JC Imagem

“A nota para partida é a nota do placar, zero a zero”, comentou André Luiz Cabral. E não é para menos. O Náutico enfrentou o América – MG na noite desta sexta-feira (12), na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata e, a partida - válida pela estreia alvirrubra na Série B do Brasileiro - surpreendeu pela falta de dinâmica.  Na maioria do tempo, o jogo ficou em um bate e volta no meio-campo. “O América de mostrou um time desarrumado”, comentou Maciel Júnior. Quem mais surpreendeu foi o clube mineiro, esperava-se mais, porém ele mostrou menos.

Quando a bola chegava na grande área e parecia que haveria algum desfecho, era jogada para fora de campo. Salvo poucos momentos no qual os goleiros colocavam a “mão na massa”. “Ainda bem que o torcedor não estava aqui, porque foi um sofrimento”, afirmou o narrador Aroldo Costa.  

Mesmo com o resultado e o histórico de dificuldades que o clube tem enfrentado, o técnico Waldemar Lemos, há apenas 3 dias sob o comando do timbu, avalia positivamente a atuação da equipe na estréia dele.  “O futebol é resultado, mas diante de tudo o que vem acontecendo dentro do Náutico e já há algum tempo, eu acho que essa rapaziada mostrou a que veio aqui. Eu acho que todo esse contexto vai valer a pena se nós avaliarmos tudo que aconteceu”, destacou.



O Jogo

O primeiro tempo começo com melhor atuação do América – MG, o que não significa que a equipe jogou bem. E isso ficou explícito nas feições do técnico da equipe Mineira, Enderson Moreira, na saída de campo para o intervalo de jogo.

»Primeiro tempo termina com pouca posse de bola do Náutico

Já no segundo tempo aos 46 minutos o Náutico fez falta perigosa no América, mas a cobrança explodiu em uma barreira com dois jogadores.  O último lance do jogo foi um escanteio para os alvirrubros, que não deu em nada.

Tiago Cardoso

Aos 29 minutos de partida o Tiago Cardoso sentiu a virilha direita após um chute forte para a bola chegar ao meio campo. O goleiro alvirrubro não conseguiu continuar, precisou ser atendido e saiu em uma maca, com isso o técnico Waldemar Lemos precisou queimar uma substituição com o goleiro Jefferson.

O ortopedista Renato Paes Barreto fala sobre o estado de saúde de Tiago Cardoso ao Escrete de Ouro:

 

Fotos: Leonardo Bóris/Rádio Jornal


Recomendados para você

Comentários

Escrete de Ouro

Náutico e América-MG empatam em jogo fraco



Publicado em 12/05/2017, às 23:41


Rádio Jornal
Carol Santos

[IMAGEM]

“A nota para partida é a nota do placar, zero a zero”, comentou André Luiz Cabral. E não é para menos. O Náutico enfrentou o América – MG na noite desta sexta-feira (12), na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata e, a partida - válida pela estreia alvirrubra na Série B do Brasileiro - surpreendeu pela falta de dinâmica.  Na maioria do tempo, o jogo ficou em um bate e volta no meio-campo. “O América de mostrou um time desarrumado”, comentou Maciel Júnior. Quem mais surpreendeu foi o clube mineiro, esperava-se mais, porém ele mostrou menos.

Quando a bola chegava na grande área e parecia que haveria algum desfecho, era jogada para fora de campo. Salvo poucos momentos no qual os goleiros colocavam a “mão na massa”. “Ainda bem que o torcedor não estava aqui, porque foi um sofrimento”, afirmou o narrador Aroldo Costa.  

Mesmo com o resultado e o histórico de dificuldades que o clube tem enfrentado, o técnico Waldemar Lemos, há apenas 3 dias sob o comando do timbu, avalia positivamente a atuação da equipe na estréia dele.  “O futebol é resultado, mas diante de tudo o que vem acontecendo dentro do Náutico e já há algum tempo, eu acho que essa rapaziada mostrou a que veio aqui. Eu acho que todo esse contexto vai valer a pena se nós avaliarmos tudo que aconteceu”, destacou.

O Jogo

O primeiro tempo começo com melhor atuação do América – MG, o que não significa que a equipe jogou bem. E isso ficou explícito nas feições do técnico da equipe Mineira, Enderson Moreira, na saída de campo para o intervalo de jogo.

»Primeiro tempo termina com pouca posse de bola do Náutico

Já no segundo tempo aos 46 minutos o Náutico fez falta perigosa no América, mas a cobrança explodiu em uma barreira com dois jogadores.  O último lance do jogo foi um escanteio para os alvirrubros, que não deu em nada.

Tiago Cardoso

Aos 29 minutos de partida o Tiago Cardoso sentiu a virilha direita após um chute forte para a bola chegar ao meio campo. O goleiro alvirrubro não conseguiu continuar, precisou ser atendido e saiu em uma maca, com isso o técnico Waldemar Lemos precisou queimar uma substituição com o goleiro Jefferson.

O ortopedista Renato Paes Barreto fala sobre o estado de saúde de Tiago Cardoso ao Escrete de Ouro:

[uolmais_audio 16215579]

 [IMAGEM2]