Notícia | DOENÇA

Entenda o câncer de pâncreas, doença do apresentador Marcelo Rezende


Para endocrinologista Ney Cavalcanti, cenário do apresentador Marcelo Rezende é muito crítico. Chance média de cura de câncer de pâncreas e fígado é 1%

Publicado em 15/05/2017, às 10:01

Rádio Jornal
Rafael Souza

O apresentador Marcelo Rezende descobriu recentemente câncer no pâncreas e no fígado.
Foto: reprodução / Instagram

A situação do jornalista e apresentador da Record TV, Marcelo Rezende, é muito crítica e as chances de cura são quase nulas. Essa é a análise do médico endocrinologista e ex-presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, Dr. Ney Cavalcanti de Albuquerque, durante entrevista no programa de Geraldo Freire, na Rádio Jornal, nesta segunda-feira (15).

"É uma situação muito crítica. A cura realmente passaria por uma espécie de milagre", afirmou o especialista. A doença do apresentador foi revelada neste fim de semana. O câncer começou pelo pâncreas e já passou para o fígado, em estado de metástase.



» Especialistas falam dos novos tratamentos para o câncer de pâncreas
» Especialistas esclarecem o câncer de testículo

Chances pequenas

Para o médico Ney Cavalcanti, Marcelo Rezende tem apenas 1% de chance de cura: "Pode tirar o nódulo, mas ainda sim continua sendo muito complicado", relatou. O médico ainda lembrou que as causas do câncer de pâncreas são muito raras.


Fonte: Rádio Jornal

Recomendados para você

Publicidade

Comentários

Notícia

Entenda o câncer de pâncreas, doença do apresentador Marcelo Rezende



Publicado em 15/05/2017, às 10:01


Rádio Jornal
Rafael Souza

[IMAGEM]

A situação do jornalista e apresentador da Record TV, Marcelo Rezende, é muito crítica e as chances de cura são quase nulas. Essa é a análise do médico endocrinologista e ex-presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, Dr. Ney Cavalcanti de Albuquerque, durante entrevista no programa de Geraldo Freire, na Rádio Jornal, nesta segunda-feira (15).

[uolmais_audio 16216767]

"É uma situação muito crítica. A cura realmente passaria por uma espécie de milagre", afirmou o especialista. A doença do apresentador foi revelada neste fim de semana. O câncer começou pelo pâncreas e já passou para o fígado, em estado de metástase.

» Especialistas falam dos novos tratamentos para o câncer de pâncreas
» Especialistas esclarecem o câncer de testículo

Chances pequenas

Para o médico Ney Cavalcanti, Marcelo Rezende tem apenas 1% de chance de cura: "Pode tirar o nódulo, mas ainda sim continua sendo muito complicado", relatou. O médico ainda lembrou que as causas do câncer de pâncreas são muito raras.

Fonte: Rádio Jornal