Escrete de Ouro | FUTEBOL

Diego Souza não quis prorrogar, nem aumentar o salário, diz Dubeux


O vice-presidente do Sport, Gustavo Dubeux, disse nesta quarta que Diego Souza mostrou "profissionalismo"

Publicado em 12/07/2017, às 11:14

Rádio Jornal

Foto: Bobby Babisak / JC Imagem

Após o retorno de Diego Souza ao Recife, o vice-presidente do Sport, Gustavo Dubeux, se pronunciou sobre a novela envolvendo a possível saída do meia para o Palmeiras. Ele saiu em defesa do atleta e disse, na manhã desta quarta-feira (12), que partiu do próprio Diego a não prorrogação de contrato para permanecer no clube.

"O atleta deu a demonstração de muito profissionalismo, de ser um jogador que não só vê a questão financeira, de partir dele próprio a não aceitação em qualquer prorrogação de contrato ou aumento de salário e isso mostrou a dignidade do jogador, o caráter e a vontade dele em defender as cores do Sport", disse o vice-presidente do Sport em entrevista à Rádio Jornal.



Ouça a entrevista que foi realizada por Ralph de Carvalho do Escrete de Ouro:

Proposta do Palmeiras

Dubeux também confirmou que houve interesse do Palmeiras pelo jogador. "De fato houve uma consulta por parte dos executivos do Palmeiras, o Alexandre Mattos e o Cícero Souza, e daríamos seguimento se o jogador expressasse vontade de sair, mas isso não aconteceu. O jogador sempre demonstrou vontade de ficar aqui onde ele está bem e sua família está bem", disse.

Sobre a ida de Diego para o Rio de Janeiro, o vice-presidente reafirmou que houve problemas particulares e que o meia está de volta ao elenco para treinar e ficar à disposição para o jogo de quinta-feira, quando o Leão enfrenta a Chapecoense às 19h30, na Arena de pernambuco, em jogo válido pela 13º rodada da Série A do Brasileirão.


Recomendados para você

Comentários

Escrete de Ouro

Diego Souza não quis prorrogar, nem aumentar o salário, diz Dubeux



Publicado em 12/07/2017, às 11:14


Rádio Jornal

[IMAGEM]

Após o retorno de Diego Souza ao Recife, o vice-presidente do Sport, Gustavo Dubeux, se pronunciou sobre a novela envolvendo a possível saída do meia para o Palmeiras. Ele saiu em defesa do atleta e disse, na manhã desta quarta-feira (12), que partiu do próprio Diego a não prorrogação de contrato para permanecer no clube.

"O atleta deu a demonstração de muito profissionalismo, de ser um jogador que não só vê a questão financeira, de partir dele próprio a não aceitação em qualquer prorrogação de contrato ou aumento de salário e isso mostrou a dignidade do jogador, o caráter e a vontade dele em defender as cores do Sport", disse o vice-presidente do Sport em entrevista à Rádio Jornal.

Ouça a entrevista que foi realizada por Ralph de Carvalho do Escrete de Ouro:

Proposta do Palmeiras

Dubeux também confirmou que houve interesse do Palmeiras pelo jogador. "De fato houve uma consulta por parte dos executivos do Palmeiras, o Alexandre Mattos e o Cícero Souza, e daríamos seguimento se o jogador expressasse vontade de sair, mas isso não aconteceu. O jogador sempre demonstrou vontade de ficar aqui onde ele está bem e sua família está bem", disse.

Sobre a ida de Diego para o Rio de Janeiro, o vice-presidente reafirmou que houve problemas particulares e que o meia está de volta ao elenco para treinar e ficar à disposição para o jogo de quinta-feira, quando o Leão enfrenta a Chapecoense às 19h30, na Arena de pernambuco, em jogo válido pela 13º rodada da Série A do Brasileirão.