Interior | Investigação

Polícia procura cúmplice de suspeito de matar feirante com cem facadas em Nazaré da Mata


Deyvson Ventura dos Santos é tido como o principal comparsa de José Erick Pereira da Silva, principal suspeito do assassinato em Nazaré da Mata

Publicado em 11/10/2017, às 09:54

Rádio Jornal

Acervo/JC Imagem

A polícia civil de Nazaré da Mata, na Zona da Mata pernambucana, procura o cúmplice de José Erick Pereira da Silva, 18, preso acusado de matar uma feirante com mais de cem golpes de faca no último sábado (7). Deyvson Ventura dos Santos, 18, é apontado como principal comparsa do suspeito de cometer o homicídio. 

Ainda segunda a polícia, José Erick é suspeito de ter cometido mais oito assassinatos, além do envolvimento com tráfico de drogas, e Deyvson teria participação nesses crimes. 



Entenda o caso

Uma comerciante de 42 anos foi vítima de um crime brutal na cidade de Nazaré da Mata, Mata Norte pernambucana. Ivanete Maria dos Santos Oliveira, conhecida como Nina, foi morta com mais de 100 facadas por José Erick Pereira da Silva, namorado da neta da vítima, uma adolescente de 12 anos. 

A motivação do crime seria por conta da feirante não aceitar o relacionamento da neta. 


Recomendados para você

Comentários

Interior

Polícia procura cúmplice de suspeito de matar feirante com cem facadas em Nazaré da Mata



Publicado em 11/10/2017, às 09:54


Rádio Jornal

[IMAGEM]

A polícia civil de Nazaré da Mata, na Zona da Mata pernambucana, procura o cúmplice de José Erick Pereira da Silva, 18, preso acusado de matar uma feirante com mais de cem golpes de faca no último sábado (7). Deyvson Ventura dos Santos, 18, é apontado como principal comparsa do suspeito de cometer o homicídio. 

Ainda segunda a polícia, José Erick é suspeito de ter cometido mais oito assassinatos, além do envolvimento com tráfico de drogas, e Deyvson teria participação nesses crimes. 

Entenda o caso

Uma comerciante de 42 anos foi vítima de um crime brutal na cidade de Nazaré da Mata, Mata Norte pernambucana. Ivanete Maria dos Santos Oliveira, conhecida como Nina, foi morta com mais de 100 facadas por José Erick Pereira da Silva, namorado da neta da vítima, uma adolescente de 12 anos. 

A motivação do crime seria por conta da feirante não aceitar o relacionamento da neta.