Interior | Sertão

Prefeitura de Sertânia anula edital de concurso que seria realizado na cidade


Primeiro edital do processo de seleção simplificada foi anulado pela administração municipal

Publicado em 11/10/2017, às 10:15

Rádio Jornal

Primeiro edital do processo de seleção simplificada foi anulado pela administração municipal Primeiro edital do processo de seleção simplificada foi anulado pela administração municipal
Foto: Agência Brasil

Um processo de seleção simplificada que foi lançado no início do mês em Sertânia foi anulado pela prefeitura do município do Sertão pernambucano. A administração municipal informou que o objetivo é readequar o quadro de vagas e reorganizar os critérios de avaliação dos candidatos.

O edital que foi anulado previa um quantitativo de 358 vagas, com oportunidades para candidatos de nível fundamental, médio e superior, com salários que variavam entre R$ 937 a R$ 1.863,22, mais gratificação.



A prefeitura informou ainda que a anulação do primeiro edital não vai trazer prejuízos aos candidatos interessados e que um novo edital será publicado após as correções necessárias.

Confira todos os detalhes na reportagem de Nildo Lucena:


Recomendados para você

Comentários

Interior

Prefeitura de Sertânia anula edital de concurso que seria realizado na cidade



Publicado em 11/10/2017, às 10:15


Rádio Jornal

[IMAGEM]

Um processo de seleção simplificada que foi lançado no início do mês em Sertânia foi anulado pela prefeitura do município do Sertão pernambucano. A administração municipal informou que o objetivo é readequar o quadro de vagas e reorganizar os critérios de avaliação dos candidatos.

O edital que foi anulado previa um quantitativo de 358 vagas, com oportunidades para candidatos de nível fundamental, médio e superior, com salários que variavam entre R$ 937 a R$ 1.863,22, mais gratificação.

A prefeitura informou ainda que a anulação do primeiro edital não vai trazer prejuízos aos candidatos interessados e que um novo edital será publicado após as correções necessárias.

Confira todos os detalhes na reportagem de Nildo Lucena:

[uolmais_audio 16329901]