A MULHER DA CASA ABANDONADA

R$ 1 MILHÃO DE SALÁRIO: Veja o que está fazendo o ex-marido da 'Mulher da Casa Abandonada"

Nos anos 2000, quando Bonetti tinha 51 anos, época em que foi condenado pelo crime na Justiça americana, foi possível rastrear parte do seu patrimônio.

Pedro Lima
Pedro Lima
Publicado em 18/07/2022 às 18:37
Notícia
Reprodução
René Bonetti, marido da Mulher da Casa Abandonada - FOTO: Reprodução
Leitura:

Um dos podcasts mais ouvidos do mês de julho nas plataformas de áudio é "A Mulher da Casa Abandonada", do jornalista Chico Felitti, da Folha de S.Paulo. Ao longo dos episódios, é apresentado ao público a história por trás de uma mansão abandonada, em Higienópolis, bairro nobre de São Paulo.

O imóvel pertence ao ex-casal Renê e Margarida Bonetti, que foram acusados de manter por quase duas décadas uma empregada doméstica em condições análogas à escravidão, nos Estados Unidos.

Uma das maiores curiosidades despertadas pelo podcast é o paradeiro do engenheiro Renê Bonetti, que já foi condenado, cumpriu a pena e já foi solto.

.

O que Renê faz atualmente?

Segundo o podcast, Bonetti trabalha em um cargo de direção da Northrop Grumman Innovation Systems, empresa de tecnologia que tem parceria com a Nasa.

O brasileiro naturalizado americano é direto de carga útil da empresa e tem como função cuidar das principais informações que serão transmitidas a foguetes e satélites.

Qual é o salário de Bonetti?

Após consultar o site Glassdoor (que indica vagas de emprego e informações salariais), Felitti desvendou que o cargo "payload manager" - gerente de carga útil, em português - ocupado por Bonetti, paga algo em torno de US$ 220 mil dólares por ano. Sendo assim, convertendo na taxa de câmbio atual, mais de R$ 1 milhão.

Além de projetar e construir, a Northrop Grumman Innovation Systems também fornece sistemas relacionados ao espaço, defesa e aviação para clientes em todo o mundo.

A empresa se apresenta como a que "resolve os problemas mais difíceis no espaço, aeronáutica, defesa e ciberespaço para atender as necessidades em constante evolução de nossos clientes em todo o mundo".

.

Patrimônio de Bonetti

Nos anos 2000, quando Bonetti tinha 51 anos, época em que foi condenado pelo crime na Justiça americana, foi possível rastrear parte do seu patrimônio, que está em três imóveis nos EUA.

Um deles, segundo a apuração da Folha, comprado em 2013, que custou US$ 230 mil na época.

O engenheiro foi considerado culpado por três acusações: manter empregada doméstica em regime análogo à escravidão por quase duas décadas; ter conspirado junto com Margarida para manter nos EUA uma imigrante ilegal; e ainda ter submetido a empregada a maus tratos, o que colocou a vida dela em risco.

Condenação de Bonetti

Os advogados de Renê pediram revisão de toda a condenação, com a argumentação que o engenheiro "seria uma pessoa importante demais para ter a vida destruída", sem sucesso!

Bonetti ainda foi condenado a pagar todos os salários atrasados - algo em torno de US$ 110 mil. Outra condenação foi por perjúrio, porque a Justiça entendeu que ele mentiu ao afirmar que não sabia que o visto da empregada estava vencido.

Além disso, que sua esposa, Margarida, agredia fisicamente a vítima, mesmo residindo na mesma casa que elas.

A situação foi descoberta e denunciada com a ajuda de uma pessoa da vizinhança 20 anos depois. Margarida Bonetti fugiu para o Brasil e entrou na lista de foragidas do FBI. Ao contrário do marido, que ficou nos Estados Unidos e foi condenado.

Quem é 'a mulher da casa abandonada'? Saiba tudo sobre a história

Comentários

Mais Lidas