Desastre Ambiental

Navio grego é o principal suspeito do derramamento de óleo no Nordeste

Sistema de rastreamento confirmou passagem do navio grego no ponto de origem do derramamento, após atracar na Venezuela

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 01/11/2019 às 12:57
Bruno Campos/JC Imagem
FOTO: Bruno Campos/JC Imagem
Leitura:

Um navio grego é o principal suspeito do derramamento de óleo no Nordeste. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (1º) pela Polícia Federal, que cumpre mandados de busca e apreensão contra alvos ligados a uma empresa proprietária de uma embarcação mercante.

Os alvos da PF ficam no Rio de Janeiro, apesar de os dois mandados terem sido expedidos pela 14ª Vara Criminal de Natal, no Rio Grande do Norte. Um representante comercial e uma consultoria são os alvos dos mandados, apesar de não terem sido divulgados nomes e nem mesmo detalhes das empresas.

"A embarcação, de bandeira grega, atracou na Venezuela em 15 de julho, permaneceu por três dias e seguiu rumo a Singapura, pelo oceano Atlântico, vindo a aportar apenas na África do Sul. O derramamento investigado teria ocorrido nesse deslocamento", disse a PF, segundo noticiado pelo portal UOL.

Leia também:

>> Cresce número de pessoas com sintomas após contato com óleo nas praias

>> Especialista explica sintomas de contato com óleo nas praias

>> Dermatologista explica os riscos do contato de óleo com a pele

Investigação:

De acordo com a PF, com as investigações ficou claro que o sistema de rastreamento do navio confirmou a passagem pelo ponto de origem do vazamento, depois de ter atracado na Venezuela.

Leia também:

>> João Campos protocola CPI do vazamento de óleo na Câmara

>> Ciro diz que demora para conter óleo é vingança de Bolsonaro contra o NE

>> Em PE, ministro Ricardo Salles garante esforços para conter manchas de óleo

>> Bolsonaro: petróleo pode ter sido despejado "criminosamente"

>> Vazamento de óleo: Marina vem ao Recife para ato com ambientalistas

A PF trabalha ainda com a versão de que a mancha inicial de petróleo cru em águas internacionais teria localização aproximada de 700 km do litoral brasileiro. A extensão ainda não foi calculada.

Trajeto das Manchas de Óleo

Leia também:

>> Voluntários precisam de doações para combater avanço do óleo

>> Saiba como ser voluntário na retirada de óleo das praias

>> Reeducandos ajudam na limpeza de óleo em praias de Pernambuco

Mais Lidas