MELHORIA

Requalificação suspende atividades das estações de BRT Tacaruna e Getúlio Vargas


As estações do BRT ficarão com as atividades suspensas por 30 dias, a partir desta quarta-feira (13)

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 12/11/2019 às 18:13
Reprodução/ Google Street View
FOTO: Reprodução/ Google Street View
Leitura:

As estações de BRT Tacaruna, na Avenida Cruz Cabugá, e Getúlio Vargas, na Avenida Caxangá, terão atividades suspensas por 30 dias. A paralisação terá início a partir desta quarta-feira (13) e é motivada por um processo de requalificação de quatro estações do tipo, que já ocorreu na estação Istmo do Recife, que fica na Avenida Cais do Apolo. No total, R$ 440 mil, sendo R$ 280 mil na Tacaruna e R$ 160 mil na Getúlio Vargas.

De acordo com o Grande Recife Consórcio de Transporte, a ação ocorre após os sucessivos atos de vandalismo e depredação que prejudicaram o funcionamento destes espaços. Na operação, serão realizados reparos na cobertura, piso, vidros, cerâmica, corrimão e rede elétrica das estações.

Alternativas

Como alternativa, os 7,4 mil usuários que realizam embarque e desembarque na estação Tacaruna terão como opção as Estações Complexo de Salgadinho e Santa Casa de Misericórdia. Já os 4,2 mil usuários da Getúlio Vargas poderão utilizar as estações Zumbi e Forte do Arrial.

Obras

As obras nos dois terminais fazem parte do conjunto de ações para a recuperações de quatro estações de BRT, que foram danificadas por atos de vandalismo. No total, serão investidos nas quatros estações R$ 900 mil. A primeira estação a receber a iniciativa foi a Istmo do Recife. O Grande Recife não


Mais Lidas