Pernambuco prorroga suspensão de aulas presenciais da educação básica

Aulas presenciais estão suspensas desde o dia 18 de março por conta da pandemia

PANDEMIA
Pernambuco prorroga suspensão de aulas presenciais da educação básica

A suspensão das aulas presenciais foi determinada desde o dia 18 de março - Foto: Day Santos/TV Jornal

Matéria atualizada às 17h49

A suspensão das aulas presenciais da educação básica - educação infantil, ensino fundamental e ensino médio - de Pernambuco foi prorrogada até o dia 15 de setembro. A informação foi revelada nesta segunda-feira (31) durante coletiva de imprensa no Palácio do Campo das Princesas, com a presença do secretário de Estadual de Educação, Fred Amâncio, e o secretário Estadual de Saúde, André Longo. O prazo de suspensão terminava nesta segunda. 

"O Comitê entendeu que ainda não podemos dar esse passo no que diz respeito ao início da retomada das atividades na educação básica. A decisão que foi tomada é pela prorrogação até o dia 15 de setembro do período de suspensão das atividades presenciais", comunicou o secretário. 

Segundo Fred Amâncio, o Comitê continua a análise dos dados referentes à pandemia em Pernambuco e não trabalha com a hipótese de o ano letivo de 2020 não ter mais atividades presenciais. "Não estamos trabalhando com a possibilidade de não termos volta das atividades presenciais para o ano letivo de 2020. Nós não temos definição destas datas, mas vamos continuar acompanhando os dados [da covid-19]", disse. 

Leia também >> Alunos do Ensino Médio devem voltar primeiro às aulas presenciais, diz secretário de Educação de Pernambuco

Governo de Pernambuco lança programa de internet gratuita para ajudar estudantes da rede estadual

Por conta da pandemia da covid-19, as aulas presenciais estão suspensas desde o dia 18 de março, tanto na rede pública quanto privada. 

Veja a coletiva:

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.