Paulo Gustavo: Antes de ser internado, ator disse ter medo de pegar covid-19 e morrer; assista o vídeo

Em conversa com a amiga Ingrid Guimarães, Paulo Gustavo já havia falado sobre medo da pandemia no ano passado

PAULO GUSTAVO COM COVID-19
Paulo Gustavo: Antes de ser internado, ator disse ter medo de pegar covid-19 e morrer; assista o vídeo

Ator Paulo Gustavo - Foto: Reprodução

ATUALIZADO: Paulo Gustavo morreu na noite desta terça-feira, no Rio de Janeiro. Clique aqui e veja todas as informações sobre a morte do ator.

O que poderia ser apenas uma declaração de uma pessoa preocupada com a pandemia, acabou sendo uma previsão. No ano passado, em entrevista à amiga Ingrid Guimarães, na emissora de TV a cabo GNT, o ator Paulo Gustavo declarou no ano passado que tinha medo de morrer, se contraísse a covid-19, o que aconteceu nesta terça-feira (04), em um hospital no Rio de Janeiro.

“Tenho medo de pegar isso e a pessoa [o médico] não saber o que usa em mim e eu morrer”, afirmou. Na conversa, Paulo Gustavo, que é asmático, lembrou que tinha problemas respiratórios - o que é um complicador para a covid-19, que costuma atacar o sistema respiratório dos pacientes.

Também durante a conversa, o ator demonstrou compreender os riscos da pandemia e declarou que preferia ficar em quarentena para evitar uma possível contaminação. Além do pai e da mãe, Paulo Gustavo deixa o marido e dois filhos. 

Assista:

Paulo Gustavo ficou em quarentena com o esposo, o médico Thales Bretas, e os filhos do casal, os gêmeos Romeu e Gael. "Estou tranquilo de estar em casa. Agora, estou tendo que conviver com minha vida, meus fantasmas, meus filhos, e está tudo certo. No meio dessa tragédia toda, tô podendo ter uma coisa boa que é estar em casa com meus filhos, tô podendo curtir", comentou. 

Brincalhão

Brincalhão como sempre, Paulo fez graça sobre as reuniões pelo celular. "Morro de pânico quando toca o telefone e é live. Todo mundo quer fazer live. Não aguento mais live. Prefiro encontrar ao vivo. Tenho preguiça de falar no celular", comentou, dizendo que costuma falar alto achando que as pessoas não estão escutando ele pelo telefone. “Termino uma live rouco e tenho de fazer fono”, disse. 

Internação

Paulo Gustavo foi internado no dia 13 e intubado no dia 21 de março. Repercutiu bastante o tratamento ao qual o comediante  está sendo submetido com o ECMO, um pulmão artificial. Por dia, estima-se que os custos deste tratamento cheguem a R$ 30 mil. Inicialmente, foi internado consciente e chegou a fazer postagens nas redes sociais, de dentro do hospital. Com o agravamento do quadro clínico, no entanto, Paulo Gustavo foi intubado no dia 21 de março.

> ECMO: conheça o tratamento feito em Paulo Gustavo e entenda qual o papel na covid-19

Na época, o objetivo, de acordo com comunicado oficial, era de evitar uma piora no estado de saúde do ator, que já tinha dificuldades para respirar. Antes de ser intubado, Paulo Gustavo rezou, pedindo proteção à Santa Dulce, de quem é devoto. Ele também se despediu do marido, o médico Thales Bretas.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.