Caso Lázaro Barbosa

Caso Lázaro Barbosa: Fazendeiro suspeito de ajudar serial killer vira réu na Justiça

Elmi Caetano, de 74 anos, é suspeito de ajudar Lázaro a fugir. Ele também é investigado por, supostamente, ter envolvimento em outros crimes cometidos por Lázaro

Gabriel dos Santos Araujo Dias
Gabriel dos Santos Araujo Dias
Publicado em 07/07/2021 às 12:34
Reprodução/TV Globo
FOTO: Reprodução/TV Globo
Leitura:

O fazendeiro Elmi Caetano, de 74 anos, virou réu na Justiça de Goiás. De acordo com o Ministério Público, o idoso ajudou Lázaro Barbosa a fugir. Caseiro de Elmi narrou para a polícia que o fazendeiro deu alimentação e abrigo para Lázaro durante pelo menos cinco dias.

A denúncia do Ministério Público de Goiás foi recebida pelo Tribunal de Justiça do Estado na noite da terça-feira (6). De acordo com o Metrópoles, Elmi vai responder pelos crimes de favorecimento pessoal, posse irregular de arma de fogo de uso permitido, e posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

A juíza Luciana Oliveira de Almeida Maia da Silveira negou o pedido da defesa do fazendeiro que pedia a soltura do réu. Ele está preso preventivamente desde 24 de junho.

“Apesar dos esforços incessantes destinados à captura do citado criminoso, apontado como de altíssima periculosidade, constatou-se que o denunciado Elmi, pelo menos desde a data de 18/06/2021 até o momento de sua prisão em flagrante em 24/06/2021, de forma livre e plenamente ciente das buscas realizadas pelas forças policiais na tentativa de capturar o criminoso Lázaro, deu guarida a ele em sua propriedade rural, fornecendo-lhe repouso, comida, e escondendo-o no local, de maneira a retardar e dificultar sobremaneira o trabalho da polícia”, escreveu a promotora de Justiça Gabriela Starling Jorge Vieira de Mello.

A juíza arquivou o processo contra o caseiro Alain Reis de Santana, que inicialmente também foi preso, mas que, de acordo com as investigações, na verdade, não ajudou na fuga de Lázaro, como havia sido imaginado inicialmente. Alain, inclusive, colaborou bastante com a polícia, dando detalhes de como Lázaro era tratado por Elmi.

Caso Lázaro Barbosa

Lázaro Barbosa de 33 anos fugiu da polícia durante 20 dias. Ele se escondia em matas do entorno do Distrito Federal e foi capturado e morto no dia 28 de junho. No decorrer da caçada, a polícia prendeu Elmi sob a suspeita de que o homem acobertava Lázaro.

O caseiro de Elmi disse à polícia que o patrão dava comida e deixava Lázaro dormir na propriedade rural. O fazendeiro nega as acusações.

Mais Lidas