Big brother brasil

BBB 22: Equipe de Laís se pronuncia após mensagem transfóbica da participante para Linn. Confira


Em mensagem anônima e direcionada a Linn - que tem palavra "ela" tatuada em sua testa, acima das sobrancelhas -, Laís questionou: "está solteiro?"

Giovanna Torreão
Giovanna Torreão
Publicado em 23/01/2022 às 17:31
Notícia
TV Globo
Linn da Quebrada e Laís no BBB 22 - FOTO: TV Globo
Leitura:

Após a Globo expor a autoria da mensagem transfóbica enviada para Linn da Quebrada no Big Brother Brasil (BBB 22), a equipe de Laís usou as redes sociais para se pronunciar. Um comunicado foi postado nas contas da médica no Twitter e Instagram, pedindo desculpas em nome dela. Laís enviou uma mensagem, anônima para os confinados, direcionada a Linn - que tem palavra "ela" tatuada em sua testa, acima das sobrancelhas - questionando: "está solteiro?"

"Queremos pedir desculpas, em nome da Laís, pela colocação errada da mesma ao se dirigir a Linn da Quebrada. Sabemos que o certo seria perguntar ‘Você está solteira?’. Esse é um assunto sério, e em nome de todos que apoiam e torcem pela Laís Caldas, reiteramos nossas desculpas a Linn e a todos que se sentiram ofendidos pelo erro cometido", diz a nota da equipe de Laís.

Na madrugada deste domingo (23), o perfil de Linn da Quebrada no Instagram e Twitter publicou uma nota a respeito dos episódios tranfóbicos sofridos pela participante na casa do BBB.

"Em nosso país, violências transfóbicas atravessam pessoas trans e travestis, estejam elas dentro de um reality show ou não. Essa violência é recorrente, tanto que o Brasil se manteve pelo 13º ano como o país que mais mata travestis e transexuais, de acordo com o levantamento da Transgender Europe. Neste momento, pela primeira vez, grande parte do país está visualizando algumas das muitas violências às quais pessoas trans e travestis são submetidas diariamente. Infelizmente, Linn da Quebrada não é uma exceção!", diz a nota.

O comunicado completa: "No Brasil, corpos e identidades como o dela são portadores de humanidades negociáveis, e isto precisa mudar! Não é por acaso, que todo o nosso trabalho caminha em prol de criarmos novas possibilidades de sermos e estarmos no mundo".

Por fim, a equipe de Linn afirma que a "indignação contra esse tipo de violência é fundamental e deve existir para além das redes sociais. No game, Linn segue contando com a torcida e força de todes nós!"

Comentários


Mais Lidas