Comércio de praia

Prefeitura de Jaboatão e Banco do Nordeste disponibilizam linha de crédito de até R$ 10 mil para comerciantes de praia


Saiba quais são as condições para obter o crédito e como deve ser feito o processo

Carol Coimbra
Carol Coimbra
Publicado em 01/09/2020 às 9:21
WELINGTON LIMA/JC IMAGEM
FOTO: WELINGTON LIMA/JC IMAGEM
Leitura:

Após cinco meses com atividades paralisadas por causa da pandemia do novo coronavírus, nesta segunda-feira (31), o Governo de Pernambuco liberou o comércio de praia. Em Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana do Recife, os comerciantes terão direito a uma linha de crédito especial do Banco do Nordeste (BNB) de até R$ 10 mil para retomar suas atividades.

O empréstimo está disponível a partir desta terça-feira (1º) e pode ser feito com documentos básicos como identidade, CPF, comprovante de residência e CNPJ.

“Esse crédito que o BNB oferece tem condições diferenciadas: valor de até R$ 10 mil, 60 dias de carência e o juro subsidiado e para solicitá-lo é bem prático e simples”,afirma o secretário de Desenvolvimento Econômico e Sustentabilidade de Jaboatão, Sidnei Aires.

Serviço

Segundo Aires, haverá na regional do munícipio funcionários do Banco para atender os comerciantes.

“Estamos centralizando os serviços na nossa regional em Piedade. O comerciante pode se dirigir ao local, agendar pelo site [email protected] ou pelo telefone 9939-5057”, informa.

Pagamento

A forma como os empréstimos serão pago deve ser escolhida pelos comerciantes.

“A ideia é que em até uma semana o cadastro seja pré-aprovado e o dinheiro esteja na conta do comerciante. As condições do pagamento e a quantidade de parcela é ele quem escolhe, mas a ideia do banco é que o prazo seja estendido para ajudá-los nessa retomada”.

Nome Sujo

Sidnei Aires também falou sobre aquelas pessoas que estão com nome sujo. De acordo com ele, o banco está apto a entender o momento de pandemia atual e irá flexibilizar o crédito, liberando para aqueles que estiverem com alguma dificuldade cadastral.

Datas

Não há data limite, o serviço começa nesta terça (1º) e deve durar até quando houver procura e o BNB estiver em condições de ajudar.

Ouça a reportagem de Juliana Oliveira:


Mais Lidas