Paulo Gustavo completa 1 mês em tratamento com ECMO; veja detalhes da terapia e atual estado de saúde do ator

Aos 42 anos de idade, Paulo Gustavo luta contra a covid-19 desde o início de março

PAULO GUSTAVO COM COVID-19
Paulo Gustavo completa 1 mês em tratamento com ECMO; veja detalhes da terapia e atual estado de saúde do ator

Ator Paulo Gustavo - Foto: Reprodução

Atualizada às 17h52

O ator Paulo Gustavo, de 42 anos, está há 1 mês em tratamento com o ECMO, sigla em inglês para oxigenação por membrana extracorpórea. Internado desde 13 de março, o comediante apresentou uma piora, nesta segunda-feira (3). A equipe médica identificou uma fístula broncovenosa – uma abertura entre os pulmões e as veias.

A assessoria de comunicação do ator confirmou a piora do ator através de um comunicado oficial e disse que bolhas de ar entraram na corrente sanguínea do artista, causando uma embolia, insuficiência cardíaca e lesões cerebrais, mas ainda não como medir a medir a extensão das lesões. 

Tratamento com ECMO

Considerada uma tecnologia de ponta, o tratamento com ECMO pode custar R$ 30 mil por dia

De acordo com os médicos, o ECMO funciona como um pulmão artificial. Em alguns casos, o equipamento é usado para que o pulmão de verdade possa descansar, enquanto a máquina faz o trabalho pelo órgão original. O tratamento é indicado para pacientes em estado grave. 

"Quando o paciente não consegue obter melhora com o respirador mecânico nem com drogas que ajudam a manter o oxigênio no organismo, pode-se pensar na indicação da ECMO. Temos difundido o uso dessa tecnologia no hospital e conseguimos salvar vidas", explicou a médica Verônica Monteiro, coordenadora de Terapia Intensiva Covid-19 do Real Hospital Português (RHP), em entrevista ao Jornal do Commercio.

"Dados de mortalidade pela infecção mostram que, em média, 80% dos pacientes entubados morrem. Mas, se a ECMO for iniciada em tempo adequado, a sobrevida pode chegar a 50%. Ou seja, a máquina é um fator protetor, capaz de diminuir mortalidade por covid-19", explica o cirurgião cardíaco Fernando Augusto Figueira. O ECMO também tem a capacidade de funcionar como coração artificial. 

Estado de saúde de Paulo Gustavo

A equipe do ator e produtor emitiu comunicado oficial, na tarde desta segunda-feira. Confira:

“Internado desde 13 de março, no Rio de Janeiro, com quadro de COVID-19, Paulo Gustavo permanece no Serviço de Terapia Intensiva e nas últimas 24 horas surgiram complicações graves.

Depois de alguma melhora, Paulo Gustavo subitamente piorou no dia de ontem. Hoje, dia 03/05, a assessoria de imprensa do ator emite novo boletim médico informando que:

'Ontem à tarde, após redução dos sedativos e do bloqueador neuromuscular, o paciente acordou e interagiu bem com a equipe profissional e com o seu marido.


À noite, subitamente, houve piora acentuada do nível de consciência e dos sinais vitais, quando novos exames demonstraram ter havido embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central, em decorrência de uma fístula bronquíolo-venosa.

Infelizmente, a situação clínica atual é instável e de extrema gravidade.'

A família do ator continua agradecendo todo o carinho e pedindo orações para uma recuperação de Paulo Gustavo, assim como das demais pessoas acometidas por essa doença terrível”

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.