Paulo Gustavo tem piora no quadro e sofre lesões cerebrais

Diagnosticado com covid-19, o ator Paulo Gustavo está internado desde o dia 13 de março

ESTADO DE SAÚDE
Paulo Gustavo tem piora no quadro e sofre lesões cerebrais

Ator Paulo Gustavo - Foto: Reprodução

Atualizada às 17h14

O ator Paulo Gustavo, de 42 anos, que está internado desde o dia 13 de março devido a complicações causadas pela covid-19, teve uma piora no quadro de saúde nesta segunda-feira (3), conforme revelou a revista Veja. A equipe médica identificou uma fístula broncovenosa – uma abertura entre os pulmões e as veias.

A assessoria de comunicação do ator confirmou a piora do ator através de um comunicado oficial e disse que bolhas de ar entraram na corrente sanguínea do artista, causando uma embolia, insuficiência cardíaca e lesões cerebrais, mas ainda não como medir a medir a extensão das lesões. 

O médicos estariam avaliando submeter Paulo Gustavo a uma nova cirurgia para fechar a fístula. O procedimento é de risco altíssimo.

Confira o comunicado oficial 

A equipe do ator e produtor emitiu comunicado oficial, na tarde desta segunda-feira. 

“Internado desde 13 de março, no Rio de Janeiro, com quadro de COVID-19, Paulo Gustavo permanece no Serviço de Terapia Intensiva e nas últimas 24 horas surgiram complicações graves.

Depois de alguma melhora, Paulo Gustavo subitamente piorou no dia de ontem. Hoje, dia 03/05, a assessoria de imprensa do ator emite novo boletim médico informando que:

'Ontem à tarde, após redução dos sedativos e do bloqueador neuromuscular, o paciente acordou e interagiu bem com a equipe profissional e com o seu marido.

À noite, subitamente, houve piora acentuada do nível de consciência e dos sinais vitais, quando novos exames demonstraram ter havido embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central, em decorrência de uma fístula bronquíolo-venosa.

Infelizmente, a situação clínica atual é instável e de extrema gravidade.'

A família do ator continua agradecendo todo o carinho e pedindo orações para uma recuperação de Paulo Gustavo, assim como das demais pessoas acometidas por essa doença terrível”

Um mês de tratamento com ECMO 

O ator Paulo Gustavo está há 1 mês em tratamento com o ECMO, sigla em inglês para oxigenação por membrana extracorpórea. Internado desde 13 de março, o comediante foi para a UTI no dia 21 daquele mês e ainda não voltou do coma induzido. Considerada uma tecnologia de ponta, o tratamento com ECMO pode custar R$ 30 mil por dia. 

De acordo com os médicos, o ECMO funciona como um pulmão artificial. Em alguns casos, o equipamento é usado para que o pulmão de verdade possa descansar, enquanto a máquina faz o trabalho pelo órgão original. O tratamento é indicado para pacientes em estado grave. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.