SERIAL KILLER

'Quero que você se entregue. Não vai ter jeito pra tu', pede mãe de Lázaro Barbosa

Lázaro Barbosa de Sousa, de 32 anos, está sendo chamado nas redes sociais de "serial killer de Brasília" e as buscas já estão no décimo dia

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 18/06/2021 às 17:50
Reprodução
FOTO: Reprodução
Leitura:

Em um vídeo, a mãe de Lázaro Barbosa de Sousa, de 32 anos, o "serial killer de Brasília", procurado há 10 dias após ter matado uma família no Distrito Federal, pede para que o filho se entregue à polícia. A mensagem foi divulgada pelo programa "Cidade Alerta", da RecordTV.

"O que eu te peço, se você estiver me ouvindo ou vendo, me faça o favor de se entregar para você esclarecer as verdades e mentiras, Lázaro. Tá saindo muito mentira. Mais mentira do que verdade. Eu quero que você se entregue. Não vai ter jeito pra tu [sic]", diz a mulher no vídeo.

>> Fotos da casa de Lázaro Barbosa; veja o que a Polícia encontrou

>> Quem é o 'serial killer de Brasília' identificado como Lázaro Barbosa?

Eva Maria de Souza ainda afirma que a família está sofrendo muito. "Ninguém vai te matar, ninguém está querendo te matar. Apenas queremos a verdade. É a tua mãe que está falando. A sua família tá sofrendo muito. Todo mundo gosta muito de você, como você sabe", afirma.

>> Lázaro Barbosa: Polícia encontra carta em esconderijo do serial killer de Brasília; leia na íntegra

>> Cão farejador quase é baleado por Lázaro Barbosa durante perseguição

Caçada

Lázaro Barbosa, de 32 anos, segue dando trabalho à força-tarefa que tenta localizá-lo. Pouco antes das 22h da noite de quinta-feira (17), o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, confirmou que o criminoso ainda não havia sido capturado. Os trabalhos foram retomados nesta sexta-feira (18).

De acordo com o secretário em entrevista na noite da quinta-feira, Lázaro foi visto em Girassol, em Cocalzinho de Goiás, perto de onde as buscas são feitas. Testemunhas disseram que o homem chegou a simular ser um mendigo, mas que fugiu pela mata ao avistar a polícia.

Nas buscas da quinta-feira, cães farejadores conseguiram se aproximar de Lázaro. O criminoso atirou contra a polícia. "Os policiais visualizaram ele [Lázaro] e revidaram. Ele entrou em uma vala, uma depressão, na água e os policiais perderam o rastro dele ali, mas nós estávamos com muitas equipes lá. A nossa inteligência aponta que ele está naquela região. O terreno é muito acidentado e difícil, e como ele é perigosíssimo, está armado e continua atirando, nós esperamos amanhecer para fazer uma nova incursão", explicou o secretário.

Na quinta-feira (17), o secretário Rodney Miranda disse que aceitou a oferta do Ministério da Justiça, e cerca de 20 homens da Força Nacional devem chegar ao local das buscas. Ele não soube precisar quando o reforço vai chegar.

A fuga de Lázaro já dura 10 dias. Começou no último dia 9 quando, de acordo com a polícia, ele executou uma família em Ceilândia, no Distrito Federal. Na fuga, o homem já fez vários reféns, roubou carros, e baleou policiais.

Mais Lidas