Caçador Babaçu desiste de procurar Lázaro Barbosa, o serial killer de Brasília; veja motivo

Babaçu tem 41 anos de idade e havia prometido que ia encontrar Lázaro Barbosa no meio da mata

CASO LáZARO BARBOSA
Caçador Babaçu desiste de procurar Lázaro Barbosa, o serial killer de Brasília; veja motivo

Babaçu é um caçador que promete prender Lázaro Barbosa - Foto: Reprodução

A força-tarefa que faz buscas por Lázaro Barbosa não conta mais com o apoio de Babaçu, o caçador de 41 anos que ficou famoso nas redes sociais, após prometer que encontraria o "Serial Killer de Brasília". De acordo com o portal R7, Babaçu, que já estava trabalhando no caso desde segunda-feira (21), obedeceu uma ordem da própria mãe e desistiu de procurar pelo criminoso. 

A decisão foi tomada na madrugada desta quarta-feira (23). "Fui pensar bem e sempre queria voltar para trás. Minha mãe começou a chorar, ligou pra mim e larguei isso de vez. Vou escutar minha mãe", disse Babaçu, que, na verdade, se chama José Marcos Rodrigues Pereira. "Eu assinava um papel dizendo que sou responsável por mim, mas vou embora amanhã cedo já que eles não querem que eu ajude", afirmou. As buscas por Lázaro chegam ao 15º dia nesta quarta.

A reportagem continua após a foto. (Veja outras fotos das buscas por Lázaro, clicando aqui).

Babaçu desistiu de caçar Lázaro na madrugada desta quarta-feira.
Babaçu desistiu de caçar Lázaro na madrugada desta quarta-feira.
Reprodução/Record TV

Segundo Babaçu, a ideia de ajudar nas buscas foi dada pelos filhos. "Estava em casa e por caçar a vida toda e aprender a viver dentro do mato, meus filhos pequenos falaram que eu dava conta de achar ele para comprar um carro melhor pra nós", contou. 

 

>>> Conheça a história de Babaçu.

>>> FOTOS: Veja imagens feitas por policiais dentro da mata, enquanto procuram por Lázaro.

 

Babaçu entrou nas buscas na segunda-feira e ajudava uma equipe da Polícia Federal. Ele é caçador desde os 7 anos de idade e diz ter experiência de dormir ao relento, na mata, e até de correr descalço, sem necessidade de tênis ou bota. Ele foi fotografado por jornais de Brasília usando colete balístico ao lado dos policiais. Por conhecer bem a região, Babaçu poderia dar dicas de possíveis esconderijos, onde Lázaro pudesse estar. 

No trabalho, Babaçu percebeu que seria difícil. "Ele é bem estruturado, a gente acha que é fácil, mas depois a gente vê que é difícil mesmo, até pra mim que tenho experiência. Por eu sobreviver dentro do mato, eu sobrevivo bem, mas tem 6 meses que eu parei. O povo que me conhece e já me viu acredita em mim."

 

>>> LEIA MAIS: Plano de Lázaro é fugir para outro estado.

 

"Pensei que eu ia chegar e pegar ele. Meus filhos me falam pra ficar pra ver se eu consigo mostrar o rumo, rastrear os cachorros. Mas do mesmo jeito que é difícil pra mim é difícil pros policiais. A sobrevivência do Lázaro na mata é igual a minha", contou segundo o R7. 

 

Entenda por que é tão difícil prender Lázaro Barbosa:

Buscas

As buscas por Lázaro chegaram ao 16º dia nesta quinta-feira (24). O homem se esconde em uma área de mata nos arredores das cidades de Edilândia e Cocalzinho de Goiás, a 130km de Goiânia. Ele é procurado suspeito de matar quatro pessoas de uma mesma família no último dia 9. Um especialista acredita que as buscas por Lázaro podem durar anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.