Lázaro Barbosa

Lázaro Barbosa: caçada entra no 17º dia com polícia procurando outros suspeitos de ajudarem serial killer a fugir

Secretário de Segurança Pública de Goiás acredita em uma "rede de psicopatas" que estaria ajudando Lázaro Barbosa a fugir

Gabriel dos Santos Araujo Dias
Gabriel dos Santos Araujo Dias
Publicado em 25/06/2021 às 7:30
Reprodução
FOTO: Reprodução
Leitura:

Lázaro Barbosa segue desaparecido pelo 17º dia consecutivo. Aos 32 anos, ele consegue escapar de uma força-tarefa formada por 270 policiais, com ajuda de cães farejadores, cavalos, helicópteros, drones e interdições em rodovias federais. Agora, a polícia acredita estar mais perto e procura por pessoas que possam estar ajudando o criminoso a se esconder.

Na quinta-feira (24), dois homens foram presos sob suspeita de facilitar a fuga de Lázaro, na cidade de Cocalzinho de Goiás. De acordo com o G1, os homens seriam um fazendeiro e um caseiro. Segundo o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, eles estariam dando suporte ao bandido em uma casa na mata.

Ainda conforme informações repassadas pelo secretário, uma arma e 50 munições que teriam sido roubadas por Lázaro durante a fuga foram apreendidas com os suspeitos. Eles foram autuados em flagrante por posse e também serão investigados pelo crime de facilitação de fuga do criminoso.

>>> Veja quem são os homens presos suspeitos de ajudar Lázaro na fuga.

"É uma rede de psicopatas", disse o secretário aos repórteres na noite de quarta-feira, após dizer que acredita que outras pessoas ainda podem estar ajudando o fugitivo. Miranda disse ainda que quem ajudar um criminoso também comete crime.

O G1 informou que um advogado identificado como Ilan Barbosa se apresentou aos repórteres como representante dos dois homens presos. Segundo o profissional, eles não confessaram ajudar Lázaro e disseram não ajudar o criminoso. O fazendeiro tem 74 anos de idade, está tratando um câncer e disse que nunca viu o criminoso. O caseiro, por outro lado, disse que viu alguém parecido com Lázaro na região.

Buscas por Lázaro no 17º dia

As buscas por Lázaro e por possíveis comparsas acontece em um perímetro de 50 quilômetros entre as cidades de Cocalzinho de Goiás, Edilândia, Águas Lindas e Santo Antônio do Descoberto.

Lázaro Barbosa ficou conhecido nas redes sociais como Serial Killer de Brasília. Ele é suspeito de matar quatro pessoas de uma mesma família no dia 9 de junho. Desde então, começou uma fuga considerada histórica. Invadiu propriedades rurais, fez reféns, disparou contra policiais e colocou pânico em toda a comunidade dos arredores do Distrito Federal. Até esta quinta-feira (24), cerca de 270 homens das polícias Civil, Militar, Federal e Rodoviária Federal participaram das buscas.

De acordo com o portal UOL, cerca de 70% dos moradores da região saíram de suas casas nos últimos dias, por medo do criminoso, que foi extremamente violento nas chácaras e fazendas por onde passou.

Mais Lidas