Carnaval 2022

Carnaval de rua de Olinda em 2022 é oficialmente cancelado; Saiba como ficam as festas privadas


Situação epidemiológica do país inviabiliza organização da folia de momo, segundo a prefeitura

Gabriel dos Santos
Gabriel dos Santos
Publicado em 05/01/2022 às 11:41
Notícia
Acervo/ JC Imagem
Sítio Histórico de Olinda - FOTO: Acervo/ JC Imagem
Leitura:

Pelo segundo ano consecutivo, em 2022, o único colorido visto nas ladeiras de Olinda durante o carnaval será o das fachadas dos casarões antigos do Sítio Histórico da cidade. É que, por causa da pandemia do novo coronavírus e da epidemia de gripe que se alastra por Pernambuco, a folia de momo patrocinada pela prefeitura está cancelada. 

A informação foi divulgada na manhã desta quarta-feira (5), pelo prefeito da cidade Professor Lupércio. Anteriormente, no final do ano passado, ele havia dito à Rádio Jornal que estava preparando o Carnaval. Devido ao agravamento especialmente da epidemia de gripe e do cenário internacional preocupante em relação à covid-19, no entanto, os planos precisaram ser mudados. 

Em coletiva de imprensa nesta manhã, a prefeitura local informou que disponibilizará um auxílio financeiro para artistas, ambulantes e outros profissionais que dependem do Carnaval financeiramente.

.

Apesar do grande desejo de foliões e empresários pela realização do evento, a ainda preocupante pandemia do novo coronavírus e o avanço da epidemia de gripe H3N2 em Pernambuco influenciaram na decisão. Somente no Estado, 30 pessoas morreram nas últimas semanas vítimas da H3N2, informou a Secretaria Estadual de Saúde, na terça-feira (4).

A cidade de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, anunciou na manhã desta quarta-feira que também não haverá festa pública de carnaval em 2022. A decisão de Olinda e Jaboatão segue a mesma ideia do Rio de Janeiro e de Salvador. 

Blocos concordam com decisão da prefeitura

Antes mesmo do final do ano passado e, consequentemente, antes do anúncio oficial da prefeitura, tradicionais blocos do ciclo carnavalesco de Olinda já anunciaram que não desfilariam em 2022.

É o caso do Homem da Meia-Noite. "O clube acredita que o fundamental é preservar vidas", disse a organização por meio de nota.

Outro que também anunciou o cancelamento do desfile foi o "Eu Acho é Pouco", alegando preocupação com a pandemia do novo coronavírus.

E as festas privadas? Serão liberadas?

Com o cancelamento das festas públicas, os foliões agora querem saber sobre a realização de festas privadas. Questionados pelos repórteres, os gestores municipais de Olinda informaram que a decisão sobre festas fechadas, com venda de ingressos, caberá ao governo estadual. 

Por sua vez, o Palácio do Campo das Princesas ainda não se manifestou sobre os protocolos para o Carnaval 2022. 

Comentários


Mais Lidas