Estado de Saúde

PAULINHA ABELHA: Qual o problema da Paulinha? Entenda estado de saúde da cantora de Calcinha Preta


Ela encontra-se em coma no grau Glasgow 3, ou seja, a "mais grave do coma".

Catêrine Costa Pedro Lima
Catêrine Costa
Pedro Lima
Publicado em 23/02/2022 às 16:09
Notícia
REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Paulinha Abelha é vocalista da banca Calcinha Preta - FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Leitura:

O estado de saúde da cantora Paulinha Abelha, vocalista da Calcinha Preta, vem preocupando os fãs. Segundo os médicos responsáveis pelo tratamento da artista explicaram em coletiva de imprensa, nessa terça-feira (22), o estado dela é grave. Ela encontra-se em coma no grau Glasgow 3, ou seja, a "mais grave do coma".

O hospital onde a artista estava internada desde o dia 17 de fevereiro informou em nota o falecimento da cantora às 19h26 desta quarta-feira (23).

"O Hospital Primavera comunica, com pesar, que a cantora, Paula de Menezes Nascimento Leca Viana, Paulinha Abelha, faleceu hoje às 19h26 em decorrência de um quadro de comprometimento multissistêmico."

PAULINHA ABELHA: revelado o que pode ter causado lesão na cantora

Qual o problema da Paulinha Abelha?

De acordo com os especialistas, o coma da cantora não está sendo causado causado por nenhuma bactéria neurológica.

"Ela chegou em coma, continua em coma profundo (...) Não conseguimos isolar nenhum microrganismo, seja ele viral ou bacteriano, que esteja causando o coma dela. Ela tem uma encefalopatia severa, muito provavelmente tóxico-metabólica, na cadeia de eventos que se seguiu a dano renal, dano hepático e por último dano cerebral", detalhou o médico.

Isso significa que o estado de saúde da cantora pode ter sido causado por conta dos problemas renais e hepáticos que ela apresentou e que acabaram afetando o cérebro.

.

Remédios usados por Paulinha Abelha podem ter causado lesão na cantora?

A equipe médica de Paulinha levantou a possibilidade de que remédios usados por Paulinha possam ter causado a lesão que levou a cantora ao estado no qual se encontra.

Os médicos estão utilizando o termo "síndrome tóxico-metabólica" para se referir ao caso de Paulinha, que significa que alguma substância que está circulando no corpo da paciente está causando "uma cascata de inflamações ou lesões ou de lesões nesses órgãos".

Apesar de ressaltarem que os remédios usado por Paulinha estavam sob "caráter supervisionado", há a hipótese de que a paciente tenha uma lesão decorrente dos tratamentos e medicamentos usados.

Essa possibilidade será analisada para que seja descartada ou confirmada pelos especialistas.

Boletim médico de Paulinha Abelha desta quarta-feira (23)

O novo boletim médico da cantora que está em coma desde do dia 17 de fevereiro, revela que ela "segue realizando exames para avaliação e monitoramento contínuo das disfunções orgânicas (neurológica, hepática e renal)".

Confira o boletim na íntegra:

"Informamos que a paciente Paula de Menezes Nascimento Leca Viana, segue internada em unidade de terapia intensiva. Mantém quadro neurológico inalterado em quadro de coma, sem necessidade de medicamentos para ajuste de pressão, respirando com suporte de aparelhos, mantendo a oxigenação adequada e necessitando de hemodiálise para ajuste de função renal. Segue realizando exames para avaliação e monitoramento contínuo das disfunções orgânicas (neurológica, hepática e renal)."

Internação de Paulinha Abelha

Paulinha Abelha, 43 anos, procurou um médico após passar mal no dia 11 de fevereiro enquanto fazia um turnê em São Paulo. No mesmo dia ela seguiu para Sergipe e foi internada no Hospital da Unimed de Aracaju.

.

Em 13 de fevereiro, um comunicado oficial compartilhado na página do Instagram da cantora e da banda revelou que Paulinha Abelha havia dado entrada na unidade de terapia intensiva (UTI). Em 17 de fevereiro foi informado que a cantora estava em estado de coma. 

Comentários


Mais Lidas