A MULHER DA CASA ABANDONADA

A MULHER DA CASA ABANDONADA: reportagem do fantástico revela novos detalhes do caso de Margarida Bonetti

Reportagem falou com exclusividade com a advogada de Margarida Bonetti

Vitória Silva
Vitória Silva
Publicado em 25/07/2022 às 10:32
Notícia
Reprodução
Podcast "A mulher da Casa Abandonada" chamou bastante atenção dos internautas por causa da história chocante de uma mulher procurada pela FBI - FOTO: Reprodução
Leitura:

No último domingo (24), o Fantástico exibiu uma reportagem sobre o caso por trás do podcast "A Mulher da Casa Abandonada".

O programa explicou a história envolvendo o nome de Margarida Bonetti, além de mostrar imagens das reportagens realizadas quando o crime foi cometido e Renê Bonetti preso nos Estados Unidos.

Na reportagem, cenas exclusivas da cobertura da prisão de Renê foram reveladas. A jornalista Giuliana Girardi também falou com vizinhos do casal nos Estados Unidos na época em que os dois foram acusados de manter a empregada doméstica em situação análoga à escravidão durante 20 anos.

“Ela morava num porão, não tinha condições sanitárias, estava praticamente reclusa ali embaixo. Nós não acreditamos no que ela falava, então fomos lá, dentro da casa, na cozinha, ela tinha duas geladeiras lado a lado. Uma delas tinha uma corrente e um cadeado, impressionante. A outra era dela. Só tinha lá dentro arroz e feijão, é impressionante”, disse o vizinho.

O programa também tentou entrar em contato com o FBI para entender como Margarida Bonetti nunca foi presa pelos atos. No entanto, o órgão norte-americano não respondeu. Em seguida, a repórter conta de um inquérito no nome da acusada, aqui no Brasil.

De acordo com o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), ele foi aberto em 2000 e arquivado cinco anos depois. Porém, o processo não está digitalizado, dificultando o acesso a mais informações sobre o caso.

.

Advogada de Margarida Bonetti fala pela primeira vez sobre o caso

Helena Mônaco, advogada de Margarida, também concedeu uma entrevista sobre o assunto. Ela defendeu a inocência da cliente. “Ela veio para o brasil porque o pai tinha falecido. Tanto que não tinha nada, como ela viria se ela tivesse algum problema? Ela jamais passaria na imigração“, comentou.

A advogada também comentou sobre a acusação de Margarida Bonetti ter sida abandonada por sua família. “Ela vive nessa casa há mais de 20 anos. Se ela não tivesse condições, ela não estaria nessa casa até hoje”, pontuou.

Sobre a situação de higiene da casa, Mônaco explicou que uma equipe de limpeza deverá ser acionada para realizar um serviço no casa. 

"Eu estou tentando ver o que vamos fazer com a casa, contratar uma equipe de limpeza e vamos tentar trazer os cachorros para acalmar e ela voltar a ter uma vida normal“, finalizou.

Retorno dos animais

O retorno dos animais que foram resgatados da casa de Margarida não deve acontecer. Em entrevista para a reportagem, a delegada Vanessa Bastos Guimarães falou sobre os animais resgatados na casa. Ao total, três cachorros foram retirados da casa pela ONG de Luisa Mell.

A policial afirmou que descobriu, através de um lado, que os animais sofriam maus-tratos. “Eles estavam vivendo no meio do lixo, no meio de material de construção. Além de estarem expostos à diversas doenças sanitárias”, explicou ela.

Comentários

Mais Lidas