SUPOSTA TRAIÇÃO

'Fui tachada como promíscua': mulher flagrada com morador de rua em Planaltina fala pela primeira vez

Por meio das redes sociais, a mulher revelou como se sentiu

Marcelo Aprígio
Marcelo Aprígio
Publicado em 27/04/2022 às 12:59
Notícia
Reprodução: Instagram
Mulher envolvida no caso com mendigo tem 33 anos de idade. - FOTO: Reprodução: Instagram
Leitura:

A mulher que foi flagrada pelo marido mantendo relações sexuais com um sem-teto em Planaltina, no Distrito Federal, falou pela primeira vez após o ocorrido nesta quarta-feira (27).

Envolvida na história que ganhou grande repercussão pelo Brasil após vídeos do momento da traição circularem nas redes sociais, a mulher recebeu alta da ala psiquiátrica do Hospital Universitário de Brasília recentemente.

Casada com um personal trainer, que chegou a agredir o morador de rua ao flagrá-lo com a esposa, a mulher usou as redes sociais para agradecer o apoio que ela e a família receberam após o caso.

Ela também conta que se sentiu humilhada e que não escolheu ter o surto psíquico que teve.

"Fui vítima de chacotas, humilhações em rede nacional. Fui tachada como uma mulher qualquer, uma mulher promíscua, uma mulher com fetiches, uma traidora", escreveu em uma postagem.

 .

"Eu sempre soube que vivemos numa sociedade desigual, mas eu não escolhi ter um surto, eu não escolhi ter sido humilhada, eu não escolhi ter minha vida exposta e devastada", arrematou.

A mulher diz ainda que levou o caso à Justiça e que vai "lutar pelos direitos das mulheres".

"Nunca faltei com respeito com ninguém e não merecia ser tratada como uma qualquer, e, principalmente, ter sido usada como objeto de prazer durante delírios e alucinações que confundiram minha mente e me colocaram num contexto nojento e sórdido", finalizou.

MORADOR DE RUA DE PLANALTINA

O caso envolvendo a mulher, seu esposo e um morador de rua da região de Planaltina, no Distrito Federal, ganhou destaque nas redes sociais por dias a fio.

Isso porque, vídeos do momento da traição e agressões foram acessados por internautas, que compartilharam o conteúdo inúmeras vezes.

Nas imagens, é possível ver a mulher e o desconhecido dentro do carro, quando são abordados por pelo marido, um personal trainer da localidade.

Durante as investigações relacionadas ao caso, foram apresentados laudos médicos que indicavam uma instabilidade psíquica da mulher.

Os documentos foram solicitados após a mulher ter afirmado que cometeu a traição com o sem-teto após uma revelação divina.

Comentários

Mais Lidas