Carnaval 2022

CARNAVAL 2022: Veja lista de cidades que cancelaram a folia de momo


Pelo segundo ano consecutivo, Carnaval será cancelado por causa da covid-19; este ano, epidemia de gripe também impede aglomerações

Gabriel dos Santos
Gabriel dos Santos
Publicado em 06/01/2022 às 8:40
Notícia
NE10
Prefeitura de São Paulo autoriza 696 desfiles de rua no carnaval 2022 - FOTO: NE10
Leitura:

Sem fantasia, frevo, samba ou axé - mais uma vez. Por causa da pandemia do novo coronavírus e, pela primeira vez, devido ao avanço da epidemia de gripe, as maiores cidades do Brasil cancelaram o Carnaval em 2022. A preocupação das autoridades locais é que as grandes aglomerações provoquem o ressurgimento de quadros de colapso no sistema de saúde, quando parte da população ainda não se vacinou contra a covid-19 e em meio ao fato de a vacina da campanha contra a gripe não ter sido desenvolvida para proteger contra a variante Darwin do H3N2. Confira nesta reportagem a lista de cidades que já disseram não ao carnaval 2022. 

CONFIRA A LISTA DE CIDADES QUE CANCELARAM O CARNAVAL 2022

OLINDA

Reconhecida por reunir pessoas de todas as raças e classes sociais nas apertadas ruas do seu Sítio Histórico, Olinda decidiu cancelar os eventos públicos de Carnaval por causa da covid-19 e da gripe. O anúncio foi feito pelo prefeito Professor Lupércio, que informou a criação de auxílios financeiros para apoiar artistas e outros trabalhadores do ciclo carnavalesco. Questionado sobre festas privadas, o governo municipal disse que esta decisão cabe ao governo do Estado de Pernambuco, que, por sua vez, até o momento não anunciou nenhuma definição sobre autorização ou não desse tipo de evento. 

RECIFE

Cidade irmã de Olinda, Recife também reúne milhares de pessoas durante o carnaval - principalmente, no sábado, com o desfile do bloco Galo da Madrugada e, durante as noites, na praça do Marco Zero que recebe shows de grandes artistas como Alceu Valença e Elba Ramalho. Apesar da grande expectativa pela realização do carnaval em 2022, no entanto, assim como Olinda, Recife anunciou na quarta-feira (5) que a festa está cancelada. Segundo a gestão municipal, no caso do Recife, a maior preocupação é com relação à epidemia de H3N2. Em Pernambuco, 30 pessoas morreram vítimas da gripe nas últimas semanas.

SALVADOR

Outra cidade que é o sonho de muitos foliões para curtir o Carnaval é Salvador. Com artistas de peso do mundo do Axé como Ivete Sangalo, Cláudia Leitte, Léo Santana, Daniela Mercury e Bell Marques, os blocos que desfilam por circuitos como o Barra-Ondina reúnem dezenas de milhares de pessoas - um cenário inimaginável para uma pandemia, como alertaram os médicos. Por esse motivo, ainda em dezembro de 2021, o governador da Bahia, Rui Costa, disse que a folia de momo seria inviável em 2022. Artistas concordam com a decisão do gestor estadual, como Daniela Mercury, que já havia anunciado que não participaria da festa. "Sinto muito em anunciar isso, mas avaliamos bem a situação e chegamos à conclusão que o cenário é muito incerto", disse Mercury no início de dezembro. 

RIO DE JANEIRO

No Rio de Janeiro, famoso por, além das escolas de samba, reunir milhares de pessoas em blocos de rua - como o tradicional e histórico Cordão da Bola Preta - o carnaval de rua também está cancelado. "Acabei de ter uma reunião com o pessoal dos blocos de rua e a gente comunicou a eles que o Carnaval de rua nos moldes que eram feitos até 2020 não acontecerá em 2022. Infelizmente, e eu falo como prefeito que gosta do Carnaval e como cidadão, isso não será possível", informou o prefeito da cidade Eduardo Paes. Apesar disso, os desfiles das escolas de samba está mantido; veja como serão os desfiles, clicando aqui. 

SÃO PAULO

São Paulo deve decidir nesta quinta-feira (6) se libera ou veta o carnaval de rua na cidade em 2022. A decisão será anunciada pela Secretaria de Saúde do Município. A expectativa é pelo cancelamento da festa de rua e autorização dos desfiles das escolas de samba no Anhembi, onde poderão ser cobrados o uso de máscaras e o passaporte vacinal. De acordo com apuração do G1, blocos carnavalescos já cancelaram a participação na festa, mesmo antes do anúncio oficial do governo. 

FLORIANÓPOLIS 

Em Florianópolis, Santa Catarina, a Prefeitura cancelou tanto os desfiles de escola de samba, quanto os blocos de rua. A preocupação, segundo a gestão municipal, é com a pandemia.

Outras cidades

Também cancelaram o carnaval: Campo Grande, Cuiabá, Teresina, Belém, Fortaleza, Curitiba, São Luís e Maceió, de acordo com apuração da CNN Brasil. 

BELO HORIZONTE

Em Belo Horizonte, a prefeitura não anunciou o cancelamento oficial da folia, mas suspendeu patrocinios e investimentos em infraestrutura. 

Comentários


Mais Lidas