ANESTESISTA PRESO

Polícia revela quantos estupros o ANESTESISTA PRESO pode ter cometido

O médico anestesista foi preso em flagrante após ser gravado estuprando uma paciente durante parto

Catêrine Costa
Catêrine Costa
Publicado em 14/07/2022 às 15:48 | Atualizado em 14/07/2022 às 16:24
Notícia
Estadão Conteúdo
Médico Giovanni Quintella Bezerra, preso em flagrante por estuprar paciente grávida durante parto - FOTO: Estadão Conteúdo
Leitura:

De acordo com informações da Polícia Civil, Giovanni Quintella Bezerra, preso em flagrante na última segunda-feira (11) por estuprar uma paciente durante parto, pode ter cometido 30 estupros. 

O crime foi gravado por enfermeiras do Hospital Heloneida Studart, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. 

VEJA AQUI: Pai de ANESTESISTA PRESO por estupro é dono de clínica ginecológica no Rio de Janeiro

As funcionárias desconfiaram do médico devido a quantidade de medicamentos que ele injetava nas pacientes durante as cirurgias e por movimentos que ele fazia durante os procedimentos. 

Outra unidade de saúde, o Hospital Estadual da Mãe de Mesquita, também na Baixada Fluminense, informou que ele acompanhou mais de 20 cirurgias.

ASSISTA AQUI:  Vídeo flagrou exato momento que anestesista estupra paciente durante parto

Nesta quinta-feira (14) duas possíveis vítimas serão ouvidas. 

"Elas foram operadas no dia 10 de julho, antes daquela vítima nas imagens. Já temos informações de que elas foram sedadas também, possivelmente desnecessariamente", afirmou Bárbara Lomba, delegada responsável pelo caso.

VÍTIMA JÁ SABE DO CRIME

Na última quarta-feira (13), a vítima de Giovanni do último domingo ficou sabendo do crime. A revelação ocorreu por telefone, com o pai da criança e psicólogos presentes na conversa.

A mulher abusada durante o parto chorou muito. O marido da vítima deve ser ouvido nos próximos dias na delegacia.

.

*Com informações do G1

Comentários

Mais Lidas