REVELAÇÃO

A FAVORITA: Lara descobre segredo chocante de Sandra Maia. Veja vídeo

Assista à cena com Mariana Ximenes

Paloma Xavier
Paloma Xavier
Publicado em 06/06/2022 às 16:30
Notícia
TV GLOBO / Ivone Perez
Lara (Mariana Ximenes) e Flora (Patrícia Pillar) em A Favorita - FOTO: TV GLOBO / Ivone Perez
Leitura:

Quando algo é bom, geralmente as pessoas querem que se repita. E com novela não é diferente: A Favorita voltou a ser transmitida na TV Globo no Vale a Pena Ver de Novo. A trama, exibida pela primeira vez em 2008, voltou às telinhas em 16 de maio.

E uma das cenas mais marcantes de A Favorita foi o momento em que Lara (Mariana Ximenes) descobriu que Sandra Maia esteve mentindo para ela. O nome da “amiga”, na verdade, é Flora (Patrícia Pillar).

Lara descobre que, além de ter mentido sobre quem é, a mulher é sua mãe biológica.

.

De acordo com o site Arte Blitz, desde que Irene (Glória Menezes) lhe deu cartas de Flora para ler, a jovem tentava encontrar alguma foto da mãe.

Junto a Cassiano (Thiago Rodrigues), Lara foi até o arquivo do jornal, para ver se encontra alguma matéria sobre o caso. Depois de muita procura, ela abre uma pasta, vê o nome de Flora e uma foto.

“Não pode ser, impossível... É a Sandra Maia. Meu Deus, é a Sandra Maia a minha mãe. A Sandra Maia e a Flora são a mesma pessoa. Então eu já conheço a minha mãe. Caí numa armadilha”, diz a jovem, surpresa.

Cassiano pede, então, para a namorada ter calma: “Deixa eu ver isso aqui direito”.

Lara continua não reagindo bem à descoberta. “A minha cabeça tá rodando. Cassiano, eu preciso pensar, entender o que está acontecendo”, diz.

A jovem sai com o namorado e começa a lembrar os momentos que Donatela (Claúdia Raia) lhe dizia para não deixar Flora chegar perto dela, pois ela iria falar mentiras e a envenenar contra a filha.

Lara também faz conexões lembrando quando Irene falou pela primeira vez de Sandra Maia e dos momentos na excursão em que revelou ter sentido uma forte ligação com ela.

.

A jovem também lembra do dia em que contou que a mãe verdadeira ficou presa durante 18 anos acusada de matar o pai dela e de que quando deixou a prisão não fez questão de procurá-la.

Ainda em choque, Lara corre no meio do asfalto, desorientada. Cassiano vai atrás e a segura. “Ela me enganou esse tempo todo”, esbraveja. O namorado a abraça, enquanto ela chora.

Ele tenta amenizar a situação perguntando se Lara teria recebido Flora de braços abertos se ela tivesse chegado e se apresentado como mãe dela.

“Óbvio que não, uma assassina, como é que eu posso receber uma assassina com os braços abertos”, reage a jovem.

.

Lara desabafa que está se sentindo uma idiota, sendo usada: “Uma mulher fria. Realmente não me admira que ela tenha matado uma pessoa a sangue frio.”

Cassiano continua tentando argumentar, dizendo que as coisas não tem um lado só e que ela não sabe o que passou pela cabeça de Flora. Entretanto, a namorada não alivia.

“Eu me abri com ela, contei as coisas mais íntimas. Ai, meu Deus, e a minha avó, cúmplice dessa mulher que matou o filho dela. Meu deus do céu, eu tô perdendo o chão”, lamenta.

Comentários

Mais Lidas